MDIC e Caixa firmam parceria para fortalecer artesanato brasileiro

MDIC e Caixa firmam parceria para fortalecer artesanato brasileiro

Acordo de Cooperação Técnica foi assinado nesta quarta-feira (28) pelo ministro Marcos Jorge (PRB) e pelo presidente da Caixa, Nelson Antônio de Souza

Brasília (DF) – O ministro Marcos Jorge (PRB) e o presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, assinaram nesta quarta-feira (28) um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) que estabelece parceria, até dezembro de 2020, entre o MDIC e a Caixa para a execução de ações conjuntas e coordenadas que promovam o fortalecimento e o desenvolvimento do artesão e do artesanato brasileiro.

O acordo prevê iniciativas alinhadas ao Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) para a promoção e desenvolvimento do artesanato por meio de quatro eixos: Fortalecimento do Artesão e do Artesanato Brasileiro, Acesso a Mercado e Apoio a Produção, Registro e Qualificação do Artesão.

Para o ministro Marcos Jorge, é importante estimular o artesanato, “pois ele garante a manutenção da cultura brasileira nos quatro cantos do Brasil”. “Além disso, a Caixa é um importante parceiro porque está presente em todos os municípios do país”, ressaltou. O secretário da Micro e Pequena Empresa, José Ricardo Veiga, afirmou que, além de carregar a cultura do país, o artesanato irradia o desenvolvimento da economia. “Uma família de artesãos movimenta toda a comunidade, com a extração da matéria-prima até o desenvolvimento de embalagens”, disse.

Uma equipe técnica composta por representantes da Sempe e da Caixa será responsável pela implementação do ACT e deverá ser formada 15 dias depois da assinatura do acordo. “Esse trabalho feito pelo MDIC se aproxima à missão da Caixa Econômica. Estamos trabalhando para o desenvolvimento do Brasil dando acesso ao crédito e financiamentos, entre outras ações. Esperamos que a vida dessas pessoas mude para melhor”, disse o presidente da Caixa. Segundo ele, o Brasil tem cerca de 8 milhões de artesãos.

Entre as ações previstas no primeiro eixo está a proposta de se criar um Fundo Nacional do Artesanato Brasileiro, o apoio, a divulgação e a total implementação do Portal do Artesanato Brasileiro, lançado no começo do mês no 11º Salão do Artesanato em São Paulo e a criação de um prêmio nacional.

Para ampliar o acesso ao mercado e produção do artesanato será dado apoio comercial, com identificação de novos mercados em âmbito local, nacional e internacional, a estruturação de linha de crédito especial para o financiamento da comercialização da produção artesanal e a realização de um estudo de implementação do selo do artesanato brasileiro.

Também serão feitos esforços para a ampliação do cadastro nacional do artesão e a emissão da Carteira Nacional do Artesão e será prestado apoio estratégico e permanente à qualificação dos artesãos para melhorar a gestão e desempenho da produção no mercado interno e externo.

Texto e foto: Ascom – MDIC

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.