Marcos Pereira quer mais liberdade para empresas contratarem

Marcos Pereira quer mais liberdade para empresas contratarem

Republicano apresentou projeto de lei que altera a legislação trabalhista (CLT) para retirar a obrigatoriedade de reserva majoritária de cotas a empregados nacionais às empresas no Brasil

Brasília (DF) – O deputado federal Marcos Pereira (PRB-SP) protocolou na terça-feira (23) um projeto de lei que altera a legislação trabalhista (CLT) para retirar a obrigatoriedade de reserva majoritária de cotas a empregados nacionais às empresas no Brasil. A medida busca reduzir a burocracia, facilitar a atuação e instalação novos empreendimentos e integrar cada vez mais o País às cadeias globais de valor.

O Decreto-Lei nº 5.542, de 1º de maio de 1943, obriga empresas individuais ou coletivas, que explorem serviços públicos dados em concessão, ou que exerçam atividades industriais e comerciais, a manter no quadro de pessoal com três ou mais empregados dois terços (2/3) de funcionários brasileiros. Com a nova redação proposta pelo parlamentar, a reserva de vagas passa a ser facultativa, garantindo, porém, tratamento favorecido junto ao Poder Público à empresa que mantiver a atual política de contratação.

“O Brasil precisa ir eliminando o protecionismo para que possa ser competitivo globalmente. Sabemos da importância do emprego para a dignidade das pessoas, mas não é interferindo na política de contratações que alcançaremos resultados melhores. Os números do desemprego revelam que as estratégias passadas deram errado, e por isso mesmo precisamos avançar, com liberdade e livre iniciativa”, explica Marcos Pereira.

Multinacionais que se instalam no Brasil, por exemplo, dependem em determinados setores da mão de obra do país de origem, como é o caso de algumas montadoras de veículos. Outro ponto defendido pelo deputado é que os investimentos fluem de maneira mais dinâmica à procura das melhores oportunidades, e que a inserção do País no âmbito do Mercosul por si só já é um vetor de migração trabalhista na região.

“Buscamos a liberdade para que as empresas possam ter os profissionais mais adequados para suas respectivas funções. Não é certo que se contrate alguém ineficiente para apenas cumprir uma obrigatoriedade”, justificou Marcos Pereira, vice-presidente da Câmara.

Texto: Ascom – deputado federal Marcos Pereira
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.