Impactos na privatização da Amazonas Energia são discutidos em audiência

Impactos na privatização da Amazonas Energia são discutidos em audiência

Audiência pública sobre os impactos da privatização da Distribuidora Amazonas Energia foi proposta pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB-AM)

Brasília (DF) – A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra) realizou audiência pública, nesta terça-feira (25), por sugestão do deputado federal Capitão Alberto (PRB-AM). O encontro, que teve como objetivo debater os impactos da privatização da Distribuidora Amazonas Energia, contou com a participação de autoridades ligadas à prestação do serviço no estado e de outros parlamentares da bancada amazonense.

Durante o debate, Alberto Neto enfatizou que a privatização da Eletrobrás ocorreu em outros estados brasileiros e que já era uma tendência para o setor. “Meu papel como parlamentar é participar da fiscalização, entender as falhas e lutar por um marco regulatório que possa minimizar os impactos negativos para população”, disse.

Para o republicano, a privatização é um caminho sem volta. “Nós não podemos ser contra a privatização. Ela é uma realidade em todo país. Temos as agências reguladoras para fazer o seu papel de cobrar investimentos e, lógico, o problema da privatização do setor elétrico é a falta de concorrência, o que pode ajudar a reduzir o preço. Vamos acompanhar de perto a empresa porque queremos ver o Amazonas prosperar e o setor elétrico é fundamental para isso”, acrescentou.

Presente na audiência pública, o ex-deputado Eron Bezerra explanou sobre as perdas sociais ocasionadas por privatizações de estatais como a ocorrida no Amazonas com a Cosama. A empresa era responsável pelo abastecimento de água no estado, mas teve o serviço privatizado na capital, continuando a operar somente no interior.

A engenheira florestal Fabíola Latino também demonstrou preocupação com o desenvolvimento social nas localidades do estado onde a empresa opera. A especialista questionou se a o consórcio que arrematou a Amazonas Energia terá interesse em continuar investindo nos locais mais afastados onde não há retorno lucrativo para a empresa.

“Perdemos na questão social e no desenvolvimento social, que éramos referência, por falta de investimento do Estado. Defendemos que a Eletrobrás continue pública e o Brasil soberano para regular e diminuir as desigualdades sociais. Os estados do Norte precisam de integração maior e não sabemos se isso acontecerá com a Eletrobrás privatizada”, finalizou a especialista.

Texto: Ascom – deputado federal Capitão Alberto Neto
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.