“Brasil não pode continuar sendo campeão no roubo de cargas”, alerta George Hilton

george-hilton-vai-defender-criação-de-tribunal-penal-em-sessão-do-parlasul-no-uruguai-03-07-14

Republicano defende melhor estrutura para os policiais e o endurecimento da legislação.

 

Brasília (DF) – Matéria publicada na revista Veja desta semana revela que o Brasil é o campeão mundial do roubo de cargas. A reportagem traz dados de um levantamento realizado pela maior consultoria especializada nesse tipo de crime, a FreightWatch Internacional (FI). Segundo o relatório, o Brasil está no topo do ranking dos mais perigosos do mundo para o transporte de cargas, seguido por México, África do Sul, Somália e Síria.

Na avaliação do deputado George Hilton (PRB-MG), presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Roubo de Cargas no Congresso Nacional, o país não pode continuar sendo vítima desses delitos. “É preciso equipar a polícia e endurecer a legislação. Para tanto, será necessário um trabalho conjunto dos órgãos governamentais, das polícias e dos membros do legislativo”, defende Hilton.

O parlamentar destacou que tramitam na Câmara dos Deputados algumas propostas para reduzir esse tipo de crime como, por exemplo, a que visa suspender o CNPJ do estabelecimento que comercializar produtos roubados. “O Código Penal somente caracteriza a atividade receptadora na forma dolosa e com uma pena branda, ou seja, dificilmente se encontrará alguém preso por receptação, assim como facilmente se obterá a revogação da eventual prisão, mediante pagamento de fiança. A ineficiência do Poder Público para combater este problema custa caro ao País, que perde receita de impostos pela comercialização irregular de mercadorias”, argumenta.

Ainda segundo a reportagem, os bandidos se dão ao “luxo” de escolher a carga mais valiosa para assaltar. A região da Pavuna, no Rio de Janeiro, é citada como o alvo mais cobiçado pelos marginais que exibem fuzis e avaliam se a carga é boa ou não. Se for, escoltam o caminhão até a favela, onde há dezenas de pessoas para receber a mercadoria. As cargas mais cobiçadas são de produtos alimentícios, cigarros, eletroeletrônicos, remédios, maquinas e equipamentos.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes     

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no novo portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!