Após apelo de Squassoni, Anvisa libera medicamento contra Atrofia Muscular Espinhal

Após apelo de Squassoni, Anvisa libera medicamento contra Atrofia Muscular Espinhal

Em seu discurso, Squassoni chamou a atenção das autoridades para o caso da menina Maya, de 6 meses, do Guarujá (SP), que sofre da doença e que precisa do medicamento

Brasília (DF) – Duas semanas após o deputado federal Marcelo Squassoni (PRB-SP) fazer pronunciamento no Plenário da Câmara dos Deputados e se reunir com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para solicitar máxima urgência para a liberação do medicamento Spinraza no Brasil, indicado para o tratamento de pacientes acometidos pela doença Atrofia Muscular Cerebral (AME), a Anvisa informou na última sexta-feira (25) que concederá o registro ao medicamento. A decisão será publicada nesta segunda-feira (28) no Diário Oficial da União.

O Spinraza é a única esperança para os pacientes diagnosticados com a AME, doença degenerativa que ataca o sistema nervoso até o ponto de o paciente não conseguir ao menos se mover ou respirar. A patologia atinge um em cada dez mil bebês nascidos e, até agora, não possuía opções terapêuticas disponíveis no Brasil.

Em seu discurso, Squassoni chamou a atenção das autoridades para o caso da menina Maya, de 6 meses, do Guarujá (SP), que sofre da doença e que precisa do medicamento como possibilidade real de melhora em seu quadro clínico. Por não ser autorizado no Brasil até então, o custo do remédio Spinraza é elevado, podendo chegar a R$ 3 milhões, valor referente apenas ao primeiro ano de tratamento.

Em seguida, o parlamentar do PRB se reuniu com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para solicitar a liberação do medicamento, que já é utilizado em países como os Estados Unidos, Canadá, Europa e Japão mas que ainda aguardava aprovação da Anvisa para ser comercializado no país. “Essa luta não é só minha, é de milhares de brasileiros que lutaram e se mobilizaram. Estou muito feliz em fazer parte dessa corrente e ter podido ajudar para chegarmos a essa maravilhosa notícia. Assim como a menina Maya, tenho certeza que a maior facilidade de acesso ao medicamento trará esperança para tantas outras famílias de crianças acometidas pela doença que aguardavam a liberação do remédio”, frisou Squassoni.

Registro

O registro do Spinraza foi concedido em prazo recorde no Brasil, em cinco meses desde sua solicitação junto à Agência, menos tempo do que levou o processo no Canadá, por exemplo, onde o registro do medicamento saiu após cerca de seis meses. O nusinersen (substância que atende pelo nome comercial de Spinraza) será vendido na forma farmacêutica solução injetável e concentração de 2,4 mg/mL. A detentora do registro do medicamento no país é a empresa Biogen Brasil Produtos Farmacêuticos Ltda.

Texto e foto: Ascom – deputado federal Marcelo Squassoni

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.