Alan Rick defende revisão no ‘Mais Médicos’ e transparência nos critérios de seleção

Alan Rick defende revisão no 'Mais Médicos' e transparência nos critérios de seleção

Audiência pública, solicitada por Alan Rick, foi realizada em conjunto pelas Comissões de Educação, e de Seguridade Social e Família

 

Brasília (DF) – O deputado federal Alan Rick (PRB-AC) presidiu na última terça-feira (28), na Câmara dos Deputados, a audiência pública que debateu o Programa Mais Médicos no Brasil. O evento foi realizado em conjunto pelas Comissões de Educação, e de Seguridade Social e Família.

Autor do requerimento, o republicano justificou o tema proposto. “Solicitei o debate sobre a prorrogação dos contratos do Programa Mais Médicos sem a realização do Revalida (exame necessário para ratificar o diploma expedido no exterior) após ser procurado tanto por médicos brasileiros formados no Brasil, como por médicos brasileiros formados no exterior. Ambos me comunicaram sobre a dificuldade para ingressarem no programa. E o objetivo foi alcançado, pois levantamos os problemas e distorções do programa para as devidas providências junto ao Ministério da Saúde”, explica.

Participaram do debate parlamentares, médicos brasileiros formados no exterior, o representante do Ministério da Saúde, Neilton Araújo de Oliveira; o Presidente do Conselho Federal de Medicina, Dr. Carlos Vital Lima; o Presidente da Associação Médica Brasileira, Dr. Florentino Cardos; e a Presidente da Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMB), Dra. Naiara Costa Balderramas.

A lei 12.871/2013 estabelece uma regra de prioridades para a ocupação das vagas no programa. Mas, segundo denúncias, a legislação não vem sendo cumprida nos editais de convocação e as vagas remanescentes vem sendo direcionadas via portaria para os médicos cubanos. “O programa tem um alcance inestimável, porém colocou-se uma exigência que beneficia apenas os médicos cubanos em detrimento dos brasileiros formados no Brasil e dos médicos brasileiros formados no exterior, que vinham sendo preteridos nos editais. A legislação precisa ser cumprida”, afirma o deputado.

Na oportunidade também foi debatido o processo de transferência de recursos ao exterior por meio dos contratos com a Organização Panamericana da Saúde (OPAS), que é a instituição responsável pela contratação dos médicos cubanos que estão no Programa. “Mais de 14 mil médicos que estão no programa são conveniados com a OPAS, e eles recebem apenas uma pequena parte do salário e a maior parte vai para o governo cubano. Isso precisa ser esclarecido e revisto”, alerta Alan Rick.

Texto e foto: Ascom – deputado federal Alan Rick

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!