2016 é instituído o “Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte”

2016 é instituído o "Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte"

Deputada defende o aumento da bancada feminina no Congresso Nacional

Brasília (DF) – O Executivo sancionou, nesta segunda-feira (18), a Lei 13.272/16, que institui 2016 como o “Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte”, em reconhecimento ao crescimento da participação das mulheres em todas as instâncias da sociedade, demonstrando que o país despertou para esse importante tema.

A deputada Rosangela Gomes (RJ), coordenadora nacional do PRB Mulher, ressalta a importância desse reconhecimento e defende maior participação das mulheres em setores importantes da sociedade. “A mulher precisa de mais espaço não só na política e no esporte, mas em outros espaços de decisão. Dos mais de 5 mil municípios brasileiros, a presença de mulheres nas câmara de vereadores ainda é bastante tímida. No Congresso, temos também uma representação pequena, essa proposta incentiva a mais participação da mulher na vida pública”, ressaltou Rosangela.

A lei, segundo a parlamentar, será fundamental, sobretudo em 2016, por conta da realização, no Brasil, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos – uma oportunidade para que mais mulheres possam se integrar ao esporte. Para Rosangela, é necessário mais investimentos em esporte, educação e cultura como ferramentas decisivas na formação da cidadania.

“Investir nessas áreas é essencial para que as mulheres e os jovens tenham mais oportunidades e descubram suas vocações. Que encontrem no esporte uma experiência de libertação, de independência e autoafirmação. E, consequentemente, um espaço no mercado de trabalho, servindo ainda de exemplos para que outros jovens sigam o mesmo caminho”, destacou a republicana.

A mulher na política

Embora tenha aumentado a participação da mulher na política, o Brasil ainda é o país que tem uma das taxas mais baixas do mundo de presença de mulheres do Congresso Nacional. Dados da União Inter-Parlamentar apontam que de um total de 190 países, o Brasil ocupa a 116ª posição no ranking de representação feminina no Legislativo.

As informações foram levantadas pelo estudo considerando dados fornecidos pelos legislativos até 1º de janeiro, período relativo à legislatura anterior, quando a Câmara era ocupada por 45 deputadas (9% do total) e 10 senadoras (13%).

Atualmente, na Câmara dos Deputados, as mulheres passaram a ser 51 deputadas, de um total de 513 – o equivalente a 9,9%. No Senado, das 81 cadeiras, agora 12 são representadas por mulheres, mantendo o mesmo porcentual registrado pelo estudo. As taxas brasileiras ficam abaixo da média mundial, que chega a ser de 22,1% de mulheres ocupando cadeiras nos parlamentos.

Rosangela, que é pré-candidata à Prefeitura de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, defende o aumento da bancada feminina no Congresso Nacional para, segundo ela, fortalecer as políticas públicas voltadas para as mulheres.

Texto: Edjalma Borges / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Ascom – deputada Rosangela Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!