Sobre gestos e atitudes

Sobre gestos e atitudes

Outro dia desses, conversávamos sobre as mudanças que o Brasil vem passando. O assunto não evoluía, não conseguíamos sair do lugar,  sempre voltávamos ao ponto de partida. Uma pergunta ficou no ar: onde tudo começou? Ao fazer uma rápida análise de tudo o que temos assistido em relação à corrupção, chegamos à conclusão de que ela vem sendo praticada no país nos últimos 30 anos.

Além dos prejuízos à nação, há outros aspectos negativos que refletem no nosso dia a dia e é sobre isso que devemos analisar, para que pequenos gestos e atitudes não se tornem lugar-comum. O costume de pagar propina quando se é parado numa blitz, estando com documentação atrasada, o “agrado” para passar na vistoria do Detran, a venda de votos em troca de dinheiro, cestas básicas, jogos de camisa e por aí vai. Como tenho falado, sou a favor do fim do foro privilegiado, da mesma forma que também não concordo com o que muitos consideram como “pequenos deslizes”.

A corrupção escancarada na mídia tem raízes profundas e reflete na forma como o país é gerenciado principalmente em relação à saúde, à educação e à segurança, uma rede de barbeiragens e barbaridades que vitimizam pessoas.

E por falar em segurança, em meu último discurso na tribuna do Senado Federal, na última terça-feira (11), falei sobre a violência sem precedentes que afeta o Brasil. A sensação de insegurança tomou conta das ruas do estado do Rio de Janeiro devido ao elevado índice de criminalidade. A cada dois dias um policial é morto no RJ e o tratamento de pessoas feridas com armamentos de guerra passou a ser algo considerado normal nos hospitais fluminenses. Ainda estamos no mês de abril e já há registro de 114 policiais baleados, sendo que 52 morreram.

Segundo a Anistia Internacional, destes, 56 estavam de serviço, 42 de folga, 16 eram reformados e 1 aposentado. Deles, 30 foram atingidos em comunidades pacificadas.

Não podemos olhar isso de forma natural. Temos que unir forças, todos os governos, para que possamos combater a violência e realmente ter uma segurança pública que dê à população tranquilidade e segurança para se viver.

A questão da segurança é do estado, mas o prefeito Marcelo Crivella teve a iniciativa de criar o Gabinete de Gestão Integrada Municipal para, junto com o estado, cumprir a missão, definir e pôr em prática ações contra a violência.

Quando mudei para o Rio nos anos 90, a preocupação era muito grande, era o período em que se tinham muitos crimes de assaltos se avolumando e oprimindo a sociedade. Eram blitzes falsas, assaltos, crimes. A situação foi melhorando e nos últimos anos vivíamos com maior sensação de segurança. Atualmente o Rio volta a ter dias tensos e preocupantes em relação à segurança.

A violência não é uma questão preocupante apenas no Rio de Janeiro, mas em vários estados. Em Florianópolis (SC), os moradores estão sobressaltados com as guerras de traficantes e tiroteios nas comunidades, que viraram rotina na cidade.

Creio que vivemos dias de grandes desafios e destaco a segurança como fundamental para todos nós. Vamos refletir de que forma podemos contribuir para a reconstrução do nosso país. Estejamos atentos e participativos, fujamos do pessimismo, o Brasil que desejamos existe sim, ele está sendo passado a limpo, creia: depende de cada um de nós.

Senador Eduardo Lopes
Presidente Nacional do PRB (Interino)

 

Site: http://eduardolopes10.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/eduardolopesprb
Twitter: https://twitter.com/EduardoLopesPRB
Instagram: https://www.instagram.com/eduardolopesprb/

LEIA TODAS AS PALAVRAS DO PRESIDENTE
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!