Vacina contra HPV: São Paulo poderia ser modelo

Vacina contra HPV: São Paulo poderia ser modelo

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou projeto de lei que propõe a adoção de vacina contra o papilomavírus humano, o HPV, em meninas entre nove e 13 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A proposta será analisada pela Câmara dos Deputados e espera a aprovação dos parlamentares. O PL prevê um gasto de R$ 600 milhões no ano em que for implantado, e R$ 150 milhões no ano seguinte.

É claro que fico feliz ao saber da decisão dos senadores, mas não podemos esquecer que São Paulo possui um projeto de lei semelhante. Apresentei, em 2008, o PL 287, que autoriza o Poder Executivo a disponibilizar, nas unidades de saúde do Estado de São Paulo, a vacina contra o papilomavírus humano (HPV). A proposta foi bem recebida pela sociedade, passou pelas comissões permanentes da Assembleia e desde 2009 aguarda ser votada pelos deputados.

Espero que São Paulo aprove antes mesmo da Câmara dos Deputados votarem a iniciativa similar. Muitos municípios brasileiros já disponibilizaram a vacina em unidades do SUS e aprovar a medida na esfera estadual demonstraria avanços na saúde.

Vários países já utilizam esse tipo de abordagem no sistema público de saúde, isso porque o HPV é a doença sexualmente transmissível mais comum, com mais de 40 subtipos, sendo que alguns podem causar câncer de colo de útero e verrugas genitais. Pelo menos 50% dos homens e mulheres sexualmente ativos contrairão HPV em algum momento de suas vidas, entretanto, na maior parte das vezes, o HPV não causa sintomas. Em 2010, a doença matou 4.986 mulheres. Mesmo não existindo levantamentos exatos sobre casos de HPV no país, estima-se que a doença afetou ou afetará 75% da população.

Nos Estados Unidos, as sociedades médicas têm recomendado a adoção da vacina desde que sua primeira versão foi aprovada, em 2006. Por lá, a medicação é indicada, inclusive para garotos e mulheres mais velhas, como forma de evitar doenças associadas ao vírus.

Mas independente da idade limite da vacina, o importante é que a imunização seja realizada antes da exposição ao vírus. Utilizá-la com certeza evitaria muitas mortes. Na Austrália, um medicamento semelhante já protege contra quatro tipos de HPV e atingiu a cobertura de 80% dos casos. Como resultado, o país reduziu em 90% as verrugas genitais de sua população. Especialistas acreditam que se a vacina fosse utilizada da mesma forma no Brasil reduziríamos de 30% a 50% os tumores em um período de cerca de dez anos.

Segundo especialistas, a vacina é quase 100% eficaz e é fundamental utilizá-la na prevenção do câncer. Além disso, o investimento em qualquer tipo de vacina preventiva torna-se menor que o custo para o tratamento da doença já desenvolvida, isso reduziria custos com o tratamento de doenças mais complexas desenvolvidas pelo vírus. Como se sabe, a prevenção ainda é a melhor forma de diminuir a incidência de certas doenças.

Ainda torço para que o projeto apresentado aqui na Assembleia Legislativa seja aprovado. A vacina já foi distribuída gratuitamente em diversos locais do Brasil, como Catalão (GO), Araraquara, Itu, São Francisco do Conde (BA) e São Pedro de Alcântara (SC). São Paulo não pode ir na contramão da necessidade de nossa população. O que está em jogo neste momento são a saúde e as vidas de muitas pessoas.

*Gilmaci Santos é deputado estadual pelo PRB São Paulo e líder da bancada na Assembleia

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!