Dia das Mães: presenteie com segurança

 

Vinicius Carvalho

Escolher o melhor presente para as mães requer alguns cuidados no momento de efetuar a compra. As redes de varejo investem pesado na propaganda e nas promoções visando a data, considerada a segunda melhor  para vendas, perdendo apenas para o Natal. Os filhos, entretanto, devem estar atentos à questão da segurança na hora de comprar e também da economia de tempo e dinheiro.

A primeira dica básica é pesquisar.  As diferenças de preço encontradas em épocas de grande apelo comercial são comuns. Ao se interessar por uma promoção, é importante levar o material da propaganda à loja na hora da compra para garantir que a oferta seja cumprida. Anúncios de concorrente também podem ser úteis na negociação.

Quem pretende presentear com eletroeletrônicos, deve pedir para testar o funcionamento do produto. Se a sua opção for por itens importados, é importante conferir se há assistência técnica e peças de reposição no Brasil.

Nas compras on-line, a atenção deve ser redobrada. É fundamental verificar a idoneidade da empresa que comercializa na internet junto aos órgãos de proteção ao consumidor. O cidadão deve checar se a loja informa seu CNPJ no site, além da existência de algum tipo de canal de contato, como endereço fixo, telefone ou e-mail.

No momento da compra, é importante que o consumidor imprima ou salve em seu computador as páginas do site que informem a oferta do produto e a efetivação da operação. Acima de tudo, é necessário estar atento ao local em que realiza a transação. Não é recomendável, efetuar compras por meio de computadores públicos, como os de lan houses, escola e trabalho.

Após escolher o presente, o ideal é pagar à vista. Para isso, é necessário que o produto se encaixe ao seu orçamento. Evite a contratação de crédito, mas se for necessário recorrer ao parcelamento,  verifique  a loja que oferece as melhores condições de pagamento e fique atento às taxas de juros, não somente ao valor das prestações. É importante saber que lojas que oferecem pagamentos em “n vezes sem juros” podem ter embutido a taxa no preço inicial no produto.

Para pagamentos com cartão de crédito, confira se o preço é igual ao cobrado à vista. Se a loja insistir num preço maior, ou estipular um valor mínimo de compras, não aceite e denuncie o estabelecimento aos órgãos de defesa do consumidor. Antes de fechar a compra, certifique-se de que você terá condições de quitar as parcelas do cartão, evitando ao máximo pagar o “mínimo” para não cair no rotativo, que sairá sempre mais caro.

Quanto às trocas, apesar de ser uma prática frequente nas redes de varejo, não existe essa obrigatoriedade se o produto não apresentar defeito. Entretanto, se o lojista se comprometeu, terá que cumprir com a promessa. Em casos de defeito que impeça a utilização do produto, o Código de Defesa do Consumidor assegura três opções: substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso, restituição imediata da quantia paga ou o abatimento proporcional do preço.

No mais, boas compras e criatividade para agradar a sua mãe. Antes, confira mais algumas dicas:

· Peça a nota fiscal com a discriminação do produto ou nota do serviço detalhada;

· Se for necessária a entrega do produto ou apresentação do serviço, a informação deve constar na nota ou no contrato firmado;

· Bazares, ponta de estoque, liquidação e promoções nem sempre permitem a troca porque não dispõem de grande estoque. Por isso, confira a numeração do calçado, o tamanho da roupa, a medida do móvel, enfim, todas as informações que evitarão engano;

· É obrigatória a troca quando houver defeito do produto. Outras situações dependem da loja. Certifique-se antes da compra se é possível trocar em função da cor ou tamanho;

· Um serviço mal executado pode ser refeito, mas a comemoração da data ficará comprometida. Por isso, informe-se antes da contratação e peça referências;

· Na compra pela internet procure saber se a entrega será na data combinada. É prudente ter um comprovante com a discriminação do produto ou serviço com o respectivo valor. Para tanto, peça um e-mail ou fax confirmando o pedido.

*Vinicius Carvalho é advogado especialista em Direito do Consumidor

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!