Vereadora Ireuda Silva faz balanço positivo de 2018

Vereadora Ireuda Silva faz balanço positivo de 2018

Dentre as ações de destaque em 2018 está o projeto “Ireuda Atende – Gabinete Itinerante”

Salvador (BA) – A vereadora de Salvador Ireuda Silva (PRB), vice-presidente da Comissão da Reparação, avalia que o ano de 2018 foi, assim como o de 2017, gratificante e realizador, tanto no âmbito do Legislativo quanto no das ações sociais realizadas em comunidades soteropolitanas. Uma delas foi o projeto “Ireuda Atende – Gabinete Itinerante”. Dentre as atividades que aconteceram incluíram-se orientação jurídica, atendimento de assistência social e de saúde, e solicitação de serviço público.

“Acreditamos que o vereador tem uma importância crucial no Poder Legislativo, mas é na rua e na comunidade que podemos mensurar de forma precisa as necessidades do nosso povo”, ressaltou Ireuda.

Em julho, a vereadora conduziu mais uma edição do prêmio Maria Felipa, dedicado a mulheres negras que exercem funções destacadas na luta contra o preconceito e em prol da autoafirmação. Em 2018, foram premiadas 18 mulheres, entre as quais estiveram a promotora Lívia Vaz, do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação do Ministério Público; a jornalista Rita Batista; a vereadora Marta Rodrigues; D. Ana, uma das primeiras obreiras da Igreja Universal; e Carol Machado, coordenadora do movimento Novas Felipas.

“Ser mulher não é fácil, ser mulher e negra, menos ainda. Nos últimos meses, temos visto um aumento espantoso de notícias sobre casos de racismo, desrespeito e todos os tipos de agressões contra a mulher, incluindo femincídios. Isso é um sintoma de como a sociedade trata tais minorias. Portanto, homenagear mulheres que se destacam na luta contra o preconceito é o mínimo que podemos fazer para reafirmar o nosso posicionamento, lembrar que somos peças fundamentais da história do Brasil e da Bahia e que não desistiremos de buscar melhorar nossas vidas”, destacou a republicana.

Também houve ações em homenagem ao Mês das Crianças. Em San Martin, o evento contou com a presença de personagens como a boneca Emília, Lanterna Verde, Índia Potira e palhaço Risadinha. Além disso, durante a festa, brincadeiras típicas como quebra-pote, pau de sebo, corrida de saco, brinquedos como cama elástica e piscina de bolinhas. A garotada também contou com um lanche reforçado preparado especialmente para eles com bolo, maçã do amor, pipocas, balas. A vereadora também fez a distribuição de brinquedos para cerca de 150 crianças da comunidade.

Já no dia 29 de novembro, foi realizada uma sessão especial que discutiu a marginalização do negro na sociedade soteropolitana.

Projetos

Entre os projetos mais destacados do ano, estão duas matérias de indicação ao presidente da República, Michel Temer, com o intuito de garantir a efetividade das penas por injúria racial e racismo. Em relação ao primeiro crime, a republicana propôs a alteração do Art. 140 do Código Penal, § 2º, para que se aumente a pena mínima para dois anos e a máxima para quatro anos, além de multa. Já sobre o segundo, pediu que a pena mínima suba para três anos e a máxima, para cinco. “A legislação sobre os crimes de injúria racial e racismo é fraca e confusa, e dá margem a interpretações que favorecem quem comete tais crimes. Ninguém de fato vai preso por racismo. Atualmente, a Justiça beneficia o racista, e isso não vamos aceitar mais”, questionou a republicana.

Ainda no âmbito de crimes raciais, a vereadora protocolou um projeto de indicação ao governador Rui Costa (PT) sugerindo a implantação de uma Delegacia Especializada no Combate a Crimes Raciais e aos Delitos de Intolerância Religiosa. Para a republicana, é inadmissível que um dos estados mais negros do país e do mundo (a capital, Salvador, é a cidade mais negra fora da África) ainda registre tantos casos de racismo, injúria e discriminação religiosa.

“É de competência do Estado zelar pelo bem-estar e pela segurança dos seus cidadãos pagadores de impostos, independentemente da cor da pele, crença ou gênero. No entanto, ainda carecemos de ações de combate ao racismo e de conscientização. A sociedade não se desenvolve apenas com obras, mas também com uma Justiça eficaz e que assegure a todos uma vida digna”, argumentou a vereadora do PRB.

Ireuda também indicou, desta vez ao governador Rui Costa, implantação de Delegacias de Especializadas em Repressão aos Crimes contra a Criança e o Adolescente (Dercca) nos municípios baianos com maiores índices de violência contra essa parcela da população. Atualmente, a Bahia possui apenas uma unidade, localizada em Salvador. Além disso, sugeriu ao presidente da República que inclua no rol de crimes hediondos o ato de “adquirir, possuir ou armazenar” pornografia infantil. De acordo com a republicana, a ideia é tornar as punições mais duras e tentar diminuir a ocorrência de tais crimes.

“A lei que trata de crimes hediondos tem um regime mais rígido de progressão e é inafiançável, além de não ser suscetível de anistia ou indulto. Portanto, tratar dessa forma um ato tão nojento como a pornografia infantil é o mínimo que se pode fazer”, disse a Ireuda, ressaltando que a pornografia infantil é o crime virtual mais comum no Brasil.

Para as mulheres vítimas de violência, a republicana apresentou um projeto de lei que prevê a reserva de 5% das vagas de emprego, em licitações e em contratos diretos entre o poder público e empresas privadas, para mulheres assistidas pelo Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares e pela Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça da Bahia.

“Sem uma renda, elas ficam submissas ao homem, aprisionadas a uma situação extremamente degradante. Mulheres têm poucas vagas de emprego em comparação aos homens”, argumentou Ireuda Silva.

De acordo com o projeto, a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância, e Juventude ficará responsável pela criação de um cadastro especial para catalogar e encaminhar as mulheres acolhidas pelo Centro de Referência e pela Coordenadoria da Mulher.

Além disso, foram mais de R$ 600 mil em emendas destinadas a obras para melhorar a qualidade de vida nas comunidades.

Senado

No primeiro semestre, o nome da vereadora Ireuda Silva foi ventilado para disputar o Senado na chapa do então candidato ao governo do estado José Ronaldo (DEM). Em entrevista à Itapoan FM, o prefeito ACM Neto (DEM) destacou o “trabalho social extraordinário” e a “representação popular” que caracteriza o mandato da republicana.

Consolidação

Em 2018, completou-se um ano em que foi instituído em Salvador o Dia Municipal de Combate ao Racismo no Esporte, após aprovação de Projeto de Lei da vereadora Ireuda Silva. A data é uma referência a uma agressão racista sofrida pela professora Edna Matos e sua filha, durante partida de futebol do Bahia contra o Grêmio em agosto de 2017.

Já no dia 23 de setembro, foi lembrado pela primeira vez em Salvador o Dia Municipal de Combate à Exploração Internacional de Mulheres. A data foi aprovada em 2017, por meio de projeto de lei apresentado por Ireuda, que milita pelos direitos da mulher e para a construção de uma sociedade mais justa.

A Bahia é o terceiro estado com maior número de vítimas de exploração sexual de mulheres. “E as brasileiras, principalmente as jovens e de baixas renda e escolaridade, estão entre os principais alvos de grandes redes de tráfico humano internacional”, disse a republicana, acrescentando que é urgente voltar um olhar mais atento para o tema.

Texto e fotos: Ascom – vereadora Ireuda Silva
Edição: Agência PRB Nacional

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.