Em julho de 2014, CCJ aprovou projeto de Sidelvan Nóbrega que assegura ações de combate ao bullying nas escolas públicas

em-julho-de-2014-ccj-aprovou-projeto-de-sidelvan-nobrega-que-assegura-acoes-de-combate-ao-bullying-nas-escolas-publicas-foto-anavolpe-agsenado-08-01-15-01

O objetivo foi prevenir a prática entre os estudantes.

 

RETROSPECTIVA 

Salvador (BA) – Em julho de 2014, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou o Projeto de Lei nº 19.244/2011, do deputado estadual Sidelvan Nóbrega (PRB), que assegura a inclusão de medidas de conscientização, prevenção e combate ao bullying nas escolas públicas de todo o Estado.

em-julho-de-2014-ccj-aprovou-projeto-de-sidelvan-nobrega-que-assegura-acoes-de-combate-ao-bullying-nas-escolas-publicas-foto-cedida-08-01-15-02O objetivo, segundo o parlamentar, é prevenir essa prática entre os estudantes, promover a convivência harmônica no ambiente escolar e recuperar a autoestima das vítimas. Além disso, os profissionais da área pedagógica serão capacitados para que possam lidar com o problema.

Sidelvan Nóbrega lembra que constantemente as escolas públicas viram cenário de bullying entre os alunos. Para ele, é imprescindível investir na conscientização. “É importante conscientizar os indivíduos que frequentam o ambiente escolar de seus direitos e deveres, valores morais e sociais para que saibam como se relacionar com pessoas, como respeitar e serem respeitados e como se livrar da covarde prática do assédio escolar”, destacou.

Bullying

Conhecido também como assédio escolar, o ‘bullying’ é a prática de atos de violência física, verbal e/ou psicológica, de modo intencional e repetitivo, exercida por indivíduo ou grupos de indivíduos, contra um ou mais pessoas com o objetivo de causar danos morais, estéticos e materiais a vitima incapaz de se defender. O ato pode se caracterizar pela exclusão social; perseguição; discriminação; amedrontamentos; destroçamentos de pertences; subtração de coisa alheia para humilhar; instigação de atos violentos, inclusive utilizando-se de meios tecnológicos.

 

Texto: Agência PRB Nacional
Foto 01: Divulgação
Foto 02: Ana Volpe / Agência Senado

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o email: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest