Produção de pescado em reservatórios deve ser acelerada

14_03_13_destaque01_crivella_producao_pescado_reservatorio_deve_ser_acelerada

Ministro destacou que o setor pesqueiro nacional, apesar dos problemas, obteve avanços expressivos, como o lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura

Brasília (DF) – O ministro Marcelo Crivella (PRB), da Pesca e Aquicultura, defendeu na manhã desta terça-feira (12), a simplificação da legislação para a criação de pescado em grandes reservatórios públicos do Brasil, de forma a aumentar a produção nacional.

A proposta foi mencionada durante a apresentação do balanço de atividades do ministério e prevê que a piscicultura seja desenvolvida, sem a necessidade de licenciamento ambiental, em apenas 0,5% da lâmina d’água dos reservatórios.  Entretanto, os criatórios, em parques aquícolas, obedeceriam a normas de sinalização, seriam monitorados e atenderiam as exigências do IBAMA quanto às espécies adequadas a cada bacia. Atualmente alguns estados, como Acre e São Paulo, já dispensam o licenciamento para projetos de aquicultura em até cinco hectares de lâmina d’água.

A medida teria grande impacto. O Brasil conta com mais de 250 grandes reservatórios públicos adequados à piscicultura, sendo que apenas alguns são aproveitados para a atividade, devido, em especial, às barreiras ambientais. A atual produção nacional de pescado não representa nem 10% do potencial estimado pela FAO, de 20 milhões de toneladas.

Durante a apresentação, o ministro destacou que o setor pesqueiro nacional, apesar dos problemas, obteve avanços expressivos, como o lançamento do Plano Safra da Pesca e Aquicultura, que destina R$ 4,1 bilhões em crédito ao setor. Também apontou outras conquistas para os pescadores profissionais, como a nova carteira, os programas de saúde voltados para a categoria e a capacitação para a produção aquícola.

Realizações

Na apresentação os dirigentes do MPA relataram as ações de suas áreas de atuação. O secretário-executivo Átila Maia lembrou que o Ministério foi o primeiro órgão público do Governo Federal a implantar o Serviço de Informação ao Cidadão. Destacou ainda a desoneração fiscal, o incentivo à modernização da frota de pesca industrial e a inclusão da pesca e aquicultura nos financiamentos do BNDES.

A subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração Shirley Soares disse que o orçamento efetivo do ministério foi de R$ 252 milhões em 2012. Atualmente o MPA conta com 241 convênios, no valor de R$ 319 milhões.

O Secretário de Monitoramento e Controle Américo Tunes ressaltou que a sanidade pesqueira nacional está entre as mais avançadas, após a implantação da Rede Nacional e Laboratórios do MPA. Lembrou ainda o incremento de 56% no número de aquicultores inscritos no Registro Geral de Pesca (RGP) e as medidas para ampliar a fiscalização da atividade pesqueira.

A secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura, Maria Fernanda Ferreira, recordou que o Plano Safra prevê, em 2013, 8.345 famílias beneficiadas com viveiros escavados e a implantação de parques aquícolas em nove reservatórios. A liberação da espécie tambaqui para criação em reservatórios do rio Tocantins, segundo ela, pode gerar uma produção de mais 750 mil toneladas, com um valor estimado em R$ 3,75 bilhões/ano.

Já o secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca, Flávio Bezerra, lembrou a criação de seis novos comitês de gestão e a estruturação da pesca ornamental. Ele defendeu que a gasolina para os pescadores seja subsidiada, assim como ocorre com o óleo diesel para a pesca industrial.

O secretário de Infraestrutura e Fomento, Eloy Araújo, informou que as operações de crédito para a pesca e aquicultura em 2012 ultrapassaram 19 mil contratações, somando mais de R$ 300 milhões. E destacou que as obras civis dos Terminais Pesqueiros Públicos de Salvador e Ilhéus, na Bahia, já foram concluídas. Por último, a chefe de Gabinete Margarett Cabral mostrou o intenso trabalho do ministro em diferentes áreas.

Compareceram à apresentação do balanço do primeiro ano da gestão Crivella o ex-ministro Altemir Gregolin; o presidente da Confederação Nacional dos Pescadores e Agricultores (CNPA), Abraão Lincoln; o presidente do Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (Conepe), Armando Bullin; e o senador Eduardo Lopes e o deputado federal Vitor Paulo, entre outras autoridades.

Confira o balanço das atividades do MPA.

Fonte e foto: Ascom – MPA

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o deputado Sérgio Reis (PRB-SP)

dep.sergioreis@camara.leg.br
ou (61) 3215.5213

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest