Ministro George Hilton discute passagem da Tocha Olímpica no Tocantins e no Amapá

Ministro George Hilton discute passagem da Tocha Olímpica no Tocantins e no Amapá

Palmas e Macapá recebem a chama dos Jogos nos dias 11 e 16 de junho, respectivamente.

 

Palmas (TO) – Representantes dos governos federal, estadual e municipal se reuniram na sexta-feira (12) em Palmas (TO) e em Macapá (AP) para discutir detalhes da passagem da Tocha Olímpica nas duas capitais. Logística, segurança, mobilidade, turismo e atenção especial no combate ao mosquito Aedes aegypti estiveram entre os assuntos abordados. Únicas cidades de seus estados na rota do símbolo dos Jogos, Palmas e Macapá assistirão à passagem da chama nos dias 11 e 16 de junho, respectivamente.

A primeira reunião ocorreu pela manhã no Palácio Araguaia, sede do governo de Tocantins. O ministro do Esporte, George Hilton (PRB), destacou o revezamento da tocha como uma das principais ferramentas para espalhar o espírito olímpico pelo país e considerou a capital do estado privilegiada. “Nem toda cidade vai ter o privilégio que Palmas vai ter. Por ser a única cidade do estado no revezamento, a tocha ficará o dia inteiro aqui. Nessas cidades onde ela vai pernoitar, haverá eventos culturais, festas, shows, os atletas vão poder fazer exibições. A ideia é fazer uma grande celebração”, disse.

Ministro George Hilton discute passagem da Tocha Olímpica no Tocantins e no AmapáO ministro enfatizou ainda a importância das ações do Dia Nacional de Mobilização Zika Zero, realizada no sábado (13). “A maratona de combate ao mosquito nos interessa não só por causa das Olimpíadas. O Zika vírus não é um problema olímpico, é um problema de saúde pública do mundo e, portanto, precisamos encarar essa luta como uma maratona pela vida e pelo futuro”, lembrou George Hilton. Em todo o país, cerca de 220 mil militares do Exército, Marinha e Aeronáutica estarão envolvidos em ações de conscientização da população. O ministro participou de ações relativas ao tema em Campo Grande (MS).

Atleta da canoagem velocidade, Eduardo dos Santos Barbosa, de 17 anos, falou sobre a oportunidade de ver a chama olímpica em seu estado. “A passagem da tocha representa um marco especial, importante para nós, atletas do Tocantins. Nos incentiva a ter um objetivo maior e, quem sabe, em 2024 ou em 2028, poder realizar o sonho de todo atleta que é o de disputar uma Olimpíada”, afirmou.

Já na capital amapaense, a reunião foi realizada na sede da Fecomércio, na parte da tarde. Além das autoridades, o evento contou com a presença de atletas do estado. Entre os mais ilustres deles estavam Venilton Torres, bronze no mundial de taekwondo da Rússia em 2015, e Francisco Dias Macedo, que aos 74 anos é considerado o mais velho esportista em atividade no Amapá. Ex-jogador de futebol (chegou a atuar pela Tuna Luso) e atualmente triatleta, Sebinho, como é conhecido, já teve a oportunidade de carregar a tocha dos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. Ele falou sobre a possibilidade de, novamente, conduzir um dos grandes símbolos do esporte. “É um sonho que muita gente quer realizar e pela segunda vez vou conseguir. A satisfação é grande para mim, principalmente por viver isso dentro do nosso estado”, afirmou, confiante de que será um dos escolhidos.

“Conhecendo o carinho do povo de Macapá e de todo o Amapá, não tenho dúvidas de que teremos uma grande celebração como parte do revezamento da tocha no estado”, disse o ministro George Hilton.

Investimentos na rota da tocha

Tocantins e Amapá recebem apoio do Ministério do Esporte em diversas frentes. A primeira pista oficial de atletismo de Palmas, por exemplo, com inauguração prevista para março, é resultado de parceria da pasta com a Universidade Federal do Tocantins, com investimento de R$ 7,9 milhões. As federações de judô, taekwondo e esportes aquáticos do estado receberam uma série de equipamentos por meio de convênios do Ministério com as confederações nacionais das modalidades. No apoio direto, 24 atletas tocantinenses – 23 de modalidades olímpicas e paralímpicas e uma de modalidade não olímpica – são contemplados com a Bolsa Atleta, um investimento total de R$ 281,9 mil. Além disso, o prata-da-casa Ítalo Gomes Pereira, nadador paralímpico medalhista no Mundial de Glasgow em 2015, recebe a Bolsa Pódio.

Já no Amapá, o Ministério o Esporte foi parceiro do governo do estado na construção da pista oficial de atletismo do Estádio Zerão, em Macapá, inaugurada em junho de 2015. Federações locais de judô, taekwondo e esportes aquáticos foram contempladas com tatames, placares, telões, câmeras, boias náuticas, GPS, entre outros equipamentos, também por meio de convênios junto às confederações nacionais. No estado, 12 esportistas de modalidades olímpicas e paralímpicas recebem a Bolsa Atleta, um investimento que soma R$ 84,3 mil. Venilton Torres, do taekwondo, é contemplado com a Bolsa Pódio.

 

Texto: Pedro Ramos / Ascom – Ministério do Esporte
Fotos: Roberto Castro

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest