Em Manaus, Hilton participa de reunião para discutir o revezamento da Tocha Olímpica

George Hilton participa de reunião preparatória em Manaus para discutir o Revezamento da Tocha Olímpica

Representantes dos governos federal, estadual e municipal e do Comitê Rio 2016 debateram sobre as atribuições em áreas estratégicas como segurança e defesa, turismo, cultura e mobilidade

 

Manaus (AM) – Manaus recebeu, nesta terça-feira (02), a reunião preparatória para o Revezamento da Tocha Olímpica. A cidade, que também sediará partidas do torneio de futebol durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 em agosto, assistirá a passagem da chama no dia 19 de junho. O objetivo do encontro é separar atribuições em áreas estratégicas como segurança e defesa, turismo, cultura e mobilidade. A chama passará por Boa Vista no dia 18 de junho de 2016.

Do encontro, realizado na sede do Governo do Amazonas, participaram representantes da prefeitura municipal, do governo estadual e de diversos órgão do governo federal – como os ministérios do Esporte, Turismo, Cultura, Defesa e Justiça, da Secretaria de Assuntos Federativos da Presidência da República, além do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016.

“As Olimpíadas não apenas trarão um grande evento para o país. O legado é muito maior do que a organização da passagem da tocha e as competições no Rio de Janeiro e nas cidades que sediarão as partidas de futebol”, afirmou o ministro George Hilton (PRB) durante a abertura da reunião. “Não é fácil equipar esse país continental com infraestrutura esportiva. Para nacionalizar esses Jogos já foram investidos cerca de R$ 4 bilhões desde que o Rio foi escolhido como sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos”, acrescentou.

O governador do Amazonas, José Melo, reiterou o pedido feito no início da reunião. “Que a cidade de Manaus se transforme numa cidade olímpica no dia 19 e que toda a população esteja unida para uma grande festa”, disse o governador.

O governo estadual estuda a possibilidade de ampliação do percurso para os municípios de Presidente Figueiredo e Iranduba no dia 20 de junho, além da realização de um evento especial no Teatro Amazonas, que completa 120 anos em 2016. “Sugerimos esses dois municípios, que já estão na previsão da rota, para mostrar a fauna e a flora amazônica e valorizar o povo indígena”, afirmou Mário Aufiero, coordenador estadual do Comitê Manaus 2016.

“Durante a Copa do Mundo, em 2014, fizemos um grande trabalho. Antes dos Jogos, Manaus terá 40 quilômetros no percurso da tocha e serão mais de 200 carregadores. Estamos estudando os trajetos corretos há mais de um ano. A chama estará em todos os pontos da cidade. Que ela possa traduzir todo o sentimento que os Jogos trazem”, disse Bernardo Soares Monteiro de Paula, diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult) e coordenador municipal do torneio de futebol olímpico.

Emoção no revezamento

A judoca Rita de Cássia, medalhista de bronze no Mundial Sub-21 de Judô, em Abu Dhabi, em 2015, na categoria superligeiro, já recebeu a notícia de que será uma das carregadoras da chama durante o Revezamento da Tocha em Manaus. Ela participou da cerimônia de abertura da reunião preparatória e declarou estar muito emocionada. “É uma honra muito grande representar os atletas amazonenses nesse revezamento”, disse Rita, bolsista do Ministério do Esporte.

Série de reuniões

Na manhã desta terça-feira, a cidade de Boa Vista, em Roraima, também recebeu a reunião preparatória para o Revezamento da Tocha Olímpica. Nesta quarta-feira (3.2), Rio Branco, no Acre, e Porto Velho, em Rondônia, também realizarão os encontros.

O modelo de reuniões operacionais foi utilizado com sucesso durante a preparação para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Na reta final antes do evento, as 12 cidades-sede receberam um total de 185 reuniões de planejamento operacional, em iniciativa que mobilizou 29 órgãos do governo federal, 90 órgãos locais e cerca de 2.200 gestores.

A chama olímpica será acesa em 21 de abril de 2016, em Olímpia, na Grécia. Em 3 de maio, tem início o tour nacional, que começará por Brasília e percorrerá cerca de 20 mil quilômetros, em comboio rodoviário. O final do trajeto será no Rio de Janeiro, no dia 4 de agosto, véspera da abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Durante a rota pelo Brasil, a tocha será carregada por cerca de 12 mil condutores. O comboio de veículos envolvidos no revezamento deve passar por cerca de 500 localidades.

Texto: Abelardo Mendes / Ascom – Ministério do Esporte
Foto: Francisco Medeiros

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest