George Hilton participa da abertura do Training Camp da seleção de saltos ornamentais

george-hilton-prb-participa-da-abertura-do-training-camp-da-selecao-de-saltos-ornamentais-foto-ascomministeriodoesporte-19-01-15-01

Abertura do campeonato também contou com a presença da secretária do Esporte e Lazer do DF, Leila Barros.

 

Brasília (DF) – A abertura oficial do 2º Training Camp foi realizada nesta segunda-feira (19/01), com a presença do ministro do Esporte, George Hilton (PRB), do secretário nacional de Alto Rendimento da pasta, Ricardo Leyser, do reitor da UnB, Ivan Camargo, e da secretária do Esporte e Lazer do Distrito Federal, a ex-jogadora de vôlei Leila Barros (PRB).

“O projeto do Ministério do Esporte passa pelo esporte educativo e pelas parcerias com universidades como a UnB, para que não só o alto rendimento tenha excelência, mas para que em todos os cantos do país haja crianças na prática esportiva”, disse o ministro George Hilton.

“A partir do momento em que o Brasil ganhou o direito de sediar os Jogos Olímpicos – em outubro de 2009 – o Ministério do Esporte conseguiu a atenção que tanto reivindicou, transformando o alto rendimento, criando a Rede Nacional de Treinamento e apoiando a base. Aqui treinam atletas que vão nos representar não só em 2016, mas em 2020, 2024 e talvez em 2028”, acrescentou o secretário Ricardo Leyser.

Após a cerimônia de abertura, os atletas – tanto da base quanto da Seleção – fizeram uma apresentação de saltos individuais e sincronizados. Durante a semana, eles farão exames físicos, testes psicológicos, preparação física, treinamentos estratégicos e terão atividades livres com seus treinadores.

“São 16 atletas da seleção principal e trouxemos mais oito atletas da seleção juvenil, além de oito técnicos, psicólogo, fisioterapeuta, massagista, uma equipe completa para que o atleta se desenvolva ao máximo. E a estrutura daqui é a mesma que tem na China, na Rússia, no México, as grandes potências. Isso faz toda a diferença, porque hoje os nossos atletas não precisam sair do Brasil para treinar”, disse o coordenador técnico da Seleção Brasileira e coordenador do Centro de Excelência, Ricardo Moreira.

george-hilton-prb-participa-da-abertura-do-training-camp-da-selecao-de-saltos-ornamentais-foto-ascomministeriodoesporte-19-01-15-02Integração

Para o atleta Hugo Parisi, o mais importante do período de treinos é o fortalecimento da equipe. “O principal objetivo é a troca de informações e criar o que, na minha opinião, ainda falta um pouco, que é o espírito de equipe”, disse.

“É um evento essencial para a integração dos melhores atletas com os técnicos, aproveitando uma estrutura que nem todo mundo tem no dia a dia. Esse tipo de treinamento tem que ser periódico”, reforçou Giovani Casilo, integrante da Comissão de Treinadores da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e um dos pioneiros da modalidade no país.

O Brasil já tem vaga garantida na disputa de saltos sincronizados nos Jogos Olímpicos Rio 2016, mas é necessário garantir lugar nas disputas individuais. Duas competições de 2015 dão essa chance aos atletas: o Mundial de Desportos Aquáticos em Kazan (Rússia), em julho, quando os 12 finalistas garantirão vaga nas Olimpíadas, e os Jogos Pan-Americanos de Toronto (Canadá), em agosto, que carimba o passaporte para o vencedor de cada prova olímpica.

Estrutura

O Centro de Excelência em Saltos Ornamentais é o primeiro da modalidade no Brasil e foi inaugurado em março de 2014. É resultado de uma parceria entre a UnB e o Ministério do Esporte, que investiu R$ 800 mil na estrutura do espaço, compra de equipamentos e contratação de profissionais.

Na piscina, há três plataformas (5m, 7,5m e 10m), seis trampolins (dois de 3m e quatro de 1m), cintos de segurança e ainda será instalada uma máquina de bolhas, que amortece a queda dos atletas na água. A estrutura também conta com equipamentos para treinos fora da água: um ginásio com trampolins, piscina de espuma, camas elásticas, cintos de segurança e sistema de vídeo.

“Eu vim aqui em agosto e a gente sofreu com a temperatura da água, porque era inverno, mas eles falaram dos projetos que tinham. E eu não imaginava chegar aqui em janeiro e estar tudo pronto, com a piscina aquecida, trampolins extras, a plataforma de 7,5 metros. É uma estrutura muito bacana, realmente não tem nada parecido no Brasil. Para quem está começando, nem se compara com o que era na minha época”, disse Juliana Veloso, atleta com quatro participações olímpicas e que sonha com a quinta, em casa, diante da família e dos amigos.

“Ia ser um grande sonho, com meus moleques na arquibancada. Isso é o que mais me motiva, porque não recebo nada de ninguém. O único apoio que tenho é o Bolsa Atleta. Sem ele, eu não estaria saltando hoje”, disse.

Bolsa Atleta

Em 2014, as cinco modalidades dos esportes aquáticos olímpicos e paraolímpicos (natação, saltos ornamentais, polo aquático, nado sincronizado e maratonas aquáticas) tiveram 885 beneficiados com o Bolsa Atleta. Desse total, os Saltos Ornamentais tiveram 31 atletas com bolsa, sendo três na categoria olímpica, seis na internacional e 22 na categoria nacional. Ao todo, o Governo Federal investiu R$ 10,6 milhões nessas bolsas, no período de um ano.

Além dessas, outros 34 atletas olímpicos e paraolímpicos dos esportes aquáticos têm a Bolsa Pódio (dez da natação olímpica, 19 da paraolímpica e cinco das maratonas aquáticas), que totalizam um investimento de R$ 4,9 milhões no ano.

Rede Nacional

O Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB integra a Rede Nacional de Treinamento – um dos principais projetos de legado dos Jogos 2016. A Rede foi criada pela Lei Federal 12.395, de março de 2011, e possibilita o investimento em instalações, equipamentos e tecnologias para detecção de talentos, formação de base e treinamento de atletas e equipes, com foco em modalidades olímpicas e paraolímpicas. O objetivo é interligar as instalações já existentes ou em construção e criar condições para a formação de uma infraestrutura esportiva de qualidade para o país.
Fonte e foto: Ascom – Ministério do Esporte

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o email: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest