George Hilton é o novo presidente de comissão de prevenção a violência em espetáculos esportivos

George Hilton é o novo presidente de comissão de prevenção a violência em espetáculos esportivos

Ministro George Hilton destaca a importância de parceria com o Ministério da Justiça para que seja estabelecida uma política nacional com o objetivo de coibir a violência nos estádios.

 

Rio de Janeiro (RJ) – Desde o início de sua gestão no Ministério do Esporte, George Hilton (PRB) deixou bem claro que uma de suas maiores preocupações é acabar com a violência no futebol, tanto dentro quanto fora das quatro linhas. Dando continuidade a essa política, o ministro foi empossado oficialmente como presidente da Comissão Nacional de Prevenção da Violência para a Segurança nos Espetáculos Esportivos (Consegue). O mandato vai até 2017.

Além de presidente da Comissão, George Hilton foi o responsável pela abertura da primeira reunião do grupo, nesta quarta-feira (27), no Rio de Janeiro, no hotel Windsor Plaza. No mesmo local, terá início nesta quinta o encontro “Futebol em debate: simpósio de prevenção da violência nos eventos de futebol.”

“Essa etapa de hoje é fundamental. Quando eu assumi o Ministério do Esporte, esse foi um dos compromissos que assumi. Hoje, estamos reativando o Consegue. É um avanço para a gente essa Comissão em parceria com o Ministério da Justiça estabelecer uma política nacional para que a gente possa controlar essa violência nos estádios”, disse o ministro.

george-hilton-prb-presidente-de-comissao-de-prevencao-a-violencia-em-espetaculos-esportivos-foto-ascomme-28-05-15-02A Consegue é uma parceria entre entes públicos, mas é liderado pelo Ministério do Esporte, em parceria com o Ministério da Justiça. Portanto, a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, foi anunciada como vice-presidente da comissão, e avaliou a reativação do Consegue. “Minha equipe está sempre atenta e estudando todos os setores abrangentes na questão discutida. Estamos focados no Estatuto do Torcedor, estudando de cabo a rabo. Temos a missão de fazer com que o futebol volte a ser um espetáculo. Nós vemos algumas pessoas que se dizem torcedores, marcando brigas pela internet, pelas redes sociais. Temos que dar um basta nisso e fazer com que as famílias voltem aos estádios”, disse.

Membro da Consegue, o secretário nacional de Futebol e de Defesa dos Direitos do Torcedor, Rogério Hamam, falou sobre o que vem fazendo para dar um basta na violência: “Nós vimos algumas brechas no Estatuto do Torcedor e vamos fazer algumas alterações, por meio de minutas. No decorrer da discussão desta Comissão, mostrarei alguns dados que consegui, pois o Brasil tem que achar um modelo ideal de fazer a segurança nos estádios do futebol. Tem que haver uma uniformização, mas o importante é que todos nós demos opiniões. Com mais pessoas dando suas opiniões, com mais perfeição e celeridade, chegaremos a um ponto comum.”

Os membros e as apresentações

O grupo interministerial (Esporte e Justiça), com a participação da sociedade civil, foi criado para desenvolver instrumentos e propor políticas públicas para melhorar a segurança nas praças desportivas, além de articular diversos órgãos para a cooperação, troca de experiências e disseminação de boas práticas.

O encontro foi o primeiro dos membros da comissão para o biênio 2015/2017, cujos nomes foram publicados nesta terça-feira (26.05) no Diário Oficial da União. Na reunião, foram apresentados aos novos membros da comissão o regimento interno, a dinâmica de funcionamento das Câmaras Temáticas e a proposta para o Sistema Integrado de Monitoramento de Dados para Prevenção da Violência nos Estádios de Futebol, que servirá para reunir e compartilhar as informações dos diversos atores envolvidos nas operações em dias de jogos (Polícia Militar e Civil, Justiça, ministérios do Esporte e da Justiça, federações e clubes).

Ajustes na minuta para um novo decreto regulamentador do Estatuto de Defesa do Torcedor, elaborado entre os ministérios do Esporte e da Justiça e com enfoque na uniformização dos procedimentos operacionais nos locais de competições esportivas, também foram discutidos.

Outro programa que será utilizado pela Comissão é uma ação lançada por George Hilton: o Grito de Paz, que foi criado após conversa com diversos setores da sociedade civil, e já vem sendo divulgado nos estádios de futebol. Por enquanto, a campanha passou pelo Beira-Rio, em um duelo entre Internacional e Grêmio, pelo Mineirão, no clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, e na decisão do Campeonato Carioca, disputada por Vasco e Botafogo.

Texto: Petronilo Oliveira / Ascom – Ministério do Esporte
Foto: Ascom Ministério do Esporte


Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest