Em Manaus, Marcos Pereira diz que se impeachment fosse golpe “não estaríamos aqui”

O presidente Marcos afirmou que se houvesse qualquer tipo de ilegalidade no impeachment, o PRB não teria concordado com o afastamento da presidente.

O presidente Marcos afirmou que se houvesse qualquer tipo de ilegalidade no impeachment, o PRB não teria concordado com o afastamento da presidente

Manaus (AM) – O advogado, professor de Direito e líder nacional do PRB, Marcos Pereira, criticou duramente a presidente Dilma Rousseff (PT) na manhã de hoje (22), em Manaus, por chamar de “golpe” o processo de impeachment em curso no Congresso Nacional e tentar descredibilizar o Brasil junto à opinião pública internacional. O senador Omar Aziz (PSD) também rebateu a acusação e disse que votará a favor do afastamento de Dilma. Pereira deu posse ao deputado federal Silas Câmara como presidente do PRB no Amazonas.

“Falo como advogado, como professor de Direito, como autor de livro jurídico, que não existe golpe. Se existisse golpe, nós não estaríamos reunidos aqui. Se existisse golpe, o Exército, as Forças Armadas, estariam nas ruas. Se existisse golpe, a imprensa não estaria aqui com liberdade para cobrir, para criticar. Se existisse golpe, a Suprema Corte do Brasil, o Supremo Tribunal Federal (STF), cuja ampla maioria dos ministros foi nomeada pelos governos do PT, não teria se manifestado no processo do impeachment”, discursou o presidente do PRB.

Dilma esteve hoje na ONU, em Nova York, para assinar um acordo sobre o clima com outros 164 países. Havia o receio de que a presidente usasse a tribuna da entidade para falar que seu processo de deposição seria “golpe”, mas evitou o uso da palavra. Ela disse que o Brasil vive um momento “grave” e que o povo saberá “impedir qualquer retrocesso”. Dilma tinha desistido de ir à assinatura para não deixar que o vice-presidente, Michel Temer, assumisse a presidência interinamente, mas acabou por ir.

“Não é uma mudança. Estamos corrigindo um erro. Eu não fui eleito senador mentindo, dizendo que estava tudo bem quando não estava, como fez Dilma Rousseff em 2014. Ela não está satisfeita em sair (da presidência) com a cabeça erguida. Preferiu ir ao exterior vender a ideia de um golpe. Ela não está fazendo mal somente à economia, mas ao Brasil como um todo”, criticou Aziz. O Senado deve votar na próxima semana a admissibilidade do processo de impeachment e tudo indica que Dilma será afastada.

O PRB foi o primeiro partido a deixar a base de apoio do governo ao entregar o Ministério do Esporte e votou unanimemente a favor do impeachment na Câmara dos Deputados. O senador Marcelo Crivella (RJ) também deve seguir o entendimento do partido de que houve crime de responsabilidade por parte de Dilma e votará pela saída da presidente. Para Pereira, o discurso de que há um “golpe” no Brasil é a prova de que já não há argumentos técnicos e jurídicos que defendam o governo.

Leia também

Marcos Pereira e Silas Câmara inauguram nova sede estadual do PRB Amazonas

Texto: Diego Polachini / Comunicação – Presidência Nacional
Foto: Arthur Castro

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest