Situação dos pacientes renais crônicos na Bahia é debatida em audiência pública

Situação dos pacientes renais crônicos na Bahia é debatida em audiência pública

O encontro surgiu em celebração ao Dia Mundial do Rim, comemorado em 14 de março

 

Salvador (BA) – Mais de cinquenta pessoas participaram na manhã, desta terça-feira (12), na Sala Eliel Martins – Assembleia Legislativa da Bahia, da audiência pública, que debateu amplamente a atual situação da assistência à saúde aos pacientes renais crônicos no estado da Bahia. Idealizada pelo presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Casa Legislativa, José de Arimateia (PRB-BA), o encontro surgiu em celebração ao Dia Mundial do Rim, comemorado em 14 de março.

“A população precisa adotar uma mentalidade preventiva a cerca das doenças. Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia já comprovam isso porque 10 milhões de brasileiros já sofrem de alguma disfunção renal, provocada por doenças crônicas, como a diabetes e hipertensão. Precisamos ficar atentos”, explica o parlamentar.

Na audiência, os pacientes renais pontuaram uma série de problemas no setor como: falta de manutenção nas cadeiras de hemodiálise, alimentação inadequada, carência no abastecimento de medicamentos, além da discriminação enfrentada nas clínicas.

Para a presidente da Associação de Pacientes Transplantados da Bahia (ATX-BA), Márcia Chaves, o paciente não é tratado como é previsto por Lei. Na oportunidade, ela ainda denunciou a falta de fiscalização nas clínicas que realizam o tratamento de hemodiálise na Bahia.“Essas instituições não apresentam o mínimo de respeito aos pacientes crônicos renais, por isso a fiscalização precisa ser mais severa”, aponta.

Segundo dados fornecidos pelo o coordenador do Sistema Estadual de Transplantes, Eraldo Moura, atualmente 1.600 pacientes estão na fila de transplante de rins. Em 2012, a Bahia realizou 119 transplantes de rins, sendo que 99 foram concretizados na capital baiana e 20 em Itabuna. Já o Superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia, Alfredo Boa Sorte, afirmou que atualmente a Bahia conta com apenas 128 médicos nefrologistas, além de 32 unidades que atendem a especialidade, através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Também participaram da audiência a coordenadora da Comissão de Nefrologia do Estado, Danuza Pamplona, e o presidente da Reanal Bahia, José Vasconcelos de Freitas.

Fonte e foto: Ascom – deputado estadual José de Arimateia

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!