Roraima ficará às escuras, alerta Izaias Maia sobre suspensão de obras

Roraima ficará às escuras, alerta Izaias Maia sobre suspensão de obras

Para parlamentar, o estado não tem condição de se manter com energia a partir das termoelétricas existentes hoje

Boa Vista (RR) – A questão energética de Roraima mais uma vez foi tema de discurso do deputado Izaias Maia (PRB-RR), que subiu à tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão desta quarta-feira, 24, para questionar a suspensão das obras do Linhão de Tucuruí, entre Manaus e Boa Vista.

A Justiça Federal no Amazonas suspendeu os efeitos da licença prévia expedida no final do ano passado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para a retomada das obras.

“Nós temos muitos problemas em nosso Estado, mas gostaria que não só as autoridades, como a sociedade de uma forma geral e a imprensa, se preocupassem um pouco mais com o que está escrito aqui na Folha de Boa Vista, no dia de hoje, 24 de fevereiro de 2016, ‘Justiça Federal suspende licença ambiental para obras do Linhão de Tucuruí’, ou seja, as obras que já estavam paradas, vão continuar paradas, e o Estado de Roraima a qualquer momento ficará na escuridão”, alertou Maia.

Conforme o parlamentar, “Roraima não tem condição de se manter com energia a partir das termoelétricas existentes no Estado”.

“Uma hora e meia e o fornecimento acaba. Estamos recebendo combustível por força de liminar, já que devemos milhões à Petrobrás Distribuidora, e essa liminar pode cair a qualquer momento, e a escuridão tomará conta. Já está na hora de nos manifestarmos, aqui ou em Brasília, como fizemos no ano passado”, ressaltou.

Também em aparte, o deputado estadual Gabriel Picanço (PRB-RR) cumprimentou o colega parlamentar por trazer à tribuna da Casa um assunto tão importante para a sociedade roraimense.

“Acredito que o Ministério Público Federal do Amazonas, e as pessoas que tomam esse tipo de decisão, não conhecem Roraima, não moram aqui e não entendem as nossas necessidades, a definição sobre a questão energética é urgente. É importante ressaltar que o linhão vai passar na margem de segurança da BR-174, não afetando aquela comunidade indígena”, destacou.

Suspensão

A decisão liminar atende um pedido do Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM), ingressado no dia 16 de dezembro de 2015, menos de 10 dias depois de liberada a licença ambiental prévia da obra.

Em decisão de 19 de fevereiro, a juíza federal Marília Gurgel Rocha Paiva e Sales determina a suspensão imediata dos efeitos da licença prévia até que seja realizada a consulta ao povo indígena Waimiri-Atroari, conforme determina a Convenção nº 169/OIT (Organização Internacional do Trabalho).

As obras que ligam Roraima ao Sistema Interligado Nacional (SIN) estavam paradas desde 2013, quando a justiça suspendeu os trabalhos sob a alegação de que não houve consulta prévia aos índios Waimiri-Atroari.

A linha de transmissão, situada entre os estados do Amazonas e Roraima, tem extensão aproximada de 315 quilômetros, e percorre cerca de 120 quilômetros do território da comunidade indígena.

 

Por Ascom ALE-RR
Edição: Agência PRB Nacional

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest