Ronaldo Martins cobra agilidade na aprovação da PEC 300 que cria piso nacional dos policiais e bombeiros

Ronaldo Martins cobra agilidade na aprovação da PEC 300 que cria piso nacional dos policiais e bombeiros

Republicano atua para incluir a PEC 300 na pauta de votação do Congresso Nacional

 

Brasília (DF) – O deputado federal Ronaldo Martins (PRB-CE) está empenhado em agilizar a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional que cria o piso salarial para os policiais militares, civis e bombeiros de todo o país.

O parlamentar republicano encaminhou ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha, um requerimento para que a PEC 300 seja inserida na pauta do Congresso Nacional o mais rápido possível. No documento, Ronaldo Martins ressalta que a matéria encontra-se pronta para inclusão na pauta do Plenário e aguarda, apenas, pela votação.

O deputado do PRB afirma que é preciso valorizar os servidores que protegem as famílias brasileiras e salvam vidas diariamente.”Vamos lutar até o fim para aprovar os direitos dos nossos policiais e bombeiros. Conclamo toda sociedade para nos ajudar nessa mobilização para reconhecer o trabalho dos profissionais de segurança e combater a todo esse estado de violência”, destaca.

Realidade salarial

A disparidade dos salários da categoria é evidente. Enquanto um soldado da Polícia Militar do Distrito Federal (PM/DF) tem remuneração inicial, após o curso de formação, de R$ 5.005,44, o policial que trabalha no Estado do Rio de Janeiro inicia a carreira com R$ 2.518,09. Os dados foram obtidos junto as secretarias estaduais de Segurança Pública do DF e RJ.

Segundo as associações de classe, a grande maioria dos responsáveis pela Segurança Pública do país não ganha o suficiente para garantir o sustento da  própria família e, por isso, os policiais são obrigados a fazer bicos de segurança particular. A média nacional do valor pago aos policiais militares no país é de pouco mais de R$ 2 mil por mês.

Tramitação

A PEC 300/2008 chegou a ser aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, em junho de 2010, por 349 votos a zero. Mas para ser aprovada por completo precisaria ser votada numa segunda votação, o que não ocorreu até hoje.

Como se trata de uma emenda à Constituição, para virar Lei, a proposta precisa passar pelo Senado Federal e ser sancionada pela Presidência da República.

Texto: Maurizan Cruz / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Roberto Ribeiro

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest