Projeto de Pastor Oliveira que cria programa “Boa Visão na Terceira Idade” é aprovado

Projeto de Pastor Oliveira que cria programa "Boa Visão na Terceira Idade" é aprovado

“Nosso povo é extremamente carente e padece por uma serviço adequado na prestação de serviço de saúde”, disse o deputado republicano

 

Macapá (AP) – O Estatuto do Idoso afirma que o idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, assegurando-lhe as oportunidades e facilidades para preservação de sua saúde, até mesmo obrigando o poder público a assegurar-lhe a efetivação desses direitos por meio de políticas sociais públicas que permitam um envelhecimento saudável e com dignidade.

Com essa consciência o deputado Pastor Oliveira (PRB-AP), teve aprovado na sessão desta terça-feira (05) projeto de lei que cria o programa “Boa Visão na Terceira Idade”, com objetivo de melhoria da qualidade de vida, por meio da detecção e do tratamento de doenças oftalmológicas e também com o fornecimento de armações e lentes. “O projeto assegura também a atenção integral à sua saúde, com atenção especial às doenças que os afetam preferencialmente, incumbindo o poder público do fornecimento gratuito de próteses, órtese e outros recursos”, defende o deputado republicano, justificando que o programa consiste na avaliação oftalmológica e no consequente tratamento de idosos a partir de 60 anos de idade.

Nessa fase da vida, os problemas oculares mais comuns são a degeneração macular e a catarata. Este último, por exemplo, é a maior causa de cegueira tratável no mundo. Além disso, com base em estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2020 existirão cerca de 54 milhões de pessoas com cegueira devido à catarata, com idade igual ou superior a 60 anos.

De acordo com o projeto caberá as prefeituras conveniadas, a disponibilização de locais e profissionais habilitados para a realização da avaliação oftalmológica, o encaminhamento ao Sistema único de Saúde (SUS) dos pacientes portadores de doenças detectadas que requeiram tratamento, além do fornecimento de lentes. O atendimento deve ser divulgado com antecedência de 15 dias. “Pode parecer um projeto pouco ambicioso, mas quando se trata da população amapaense, conseguimos perceber sua aplicabilidade. Nosso povo é extremamente carente e padece por uma serviço adequado na prestação de serviço de saúde, haja vista o cotidiano de nossos hospitais e pronto atendimento. A vida do povo do Amapá está dilacerada e, por isso, precisamos unir forças para tentar suprir ou diminuir seus anseios”, finaliza o deputado Pastor Oliveira.

Texto: Everlando Matias / Decom – ALAP
Fotos: Jaciguara Cruz
Edição: Agência PRB Nacional

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest