“Precisamos e vamos combater a cultura do estupro no Brasil”, diz Alan Rick

“Precisamos e vamos combater a cultura do estupro no Brasil”, diz Alan Rick

Segundo ele, é preciso combater a cultura do estupro e da violência sexual contra as mulheres

 

Brasília (DF) –  Em virtude do estupro coletivo de uma menina de 16 anos no Estado do Rio de Janeiro, o deputado republicano Alan Rick (PRB-AC) apresentou requerimento para que a Comissão de Seguridade Social e Família crie um Grupo de Trabalho com vistas a acompanhar e propor medidas para combater os crimes de estupros coletivos que vem ocorrendo no país. Segundo ele, é preciso combater a cultura do estupro e da violência sexual contra as mulheres.

“Como a grande maioria dos brasileiros, fiquei indignado com mais um caso de estupro coletivo ocorrido em nosso país e agora amplamente divulgado pelos veículos de comunicação. Como cristão, esposo e, principalmente, como cidadão e parlamentar, não posso me calar diante de uma situação dessas. Tenho que agir. Este é um crime que merece o mais absoluto repúdio da sociedade e de suas instituições. O objetivo desse grupo que iremos criar é dialogar e auxiliar as autoridades para empenharem o máximo esforço para coibir com veemência práticas como essa, seja por campanhas educativas, seja pela punição rápida e exemplar dos envolvidos, bem como o total apoio do Estado à recuperação da vítima”, explica Rick.

O parlamentar lembra que o Brasil vem sendo assolado com notícias aterrorizantes sobre casos de estupros coletivos envolvendo adultos e adolescentes. “No Rio de Janeiro, na semana passada, o país ficou estarrecido com o caso da adolescente de 16 anos que foi atacada por 33 cruéis estupradores que, não satisfeitos, publicaram as imagens em redes sociais se vangloriando do feito. Fico indignado quando leio e vejo a maneira como algumas pessoas se levantam dizendo que a menina do caso do Rio de Janeiro foi a um baile funk, estava vestida de maneira sensual, foi dormir na casa do namorado, como se isso justificasse a barbaridade que sofreu”, disse.

Na avaliação do deputado, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família, é preciso verificar se a legislação brasileira está adequada a reprimir com eficácia essa conduta criminosa. “A Comissão de Seguridade Social da Câmara, que tem entre sua esfera de competência a discussão de temas que envolvam a mulher, a família e o menor, não pode deixar de oferecer sua contribuição para que crimes como esses tenham a devida resposta. Precisamos buscar meios para que as redes sociais impeçam a divulgação de imagens dessa brutalidade, que aumentam e perpetram o sofrimento de todos, acrescentou.

Por fim, Rick enalteceu a decisão do governo federal de tomar medidas para o enfrentamento dessa cultura do estupro ao convocar, através do ministro da Justiça, reunião com os secretários de segurança pública de todo país.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!