PRB vota pela manutenção da fidelidade partidária e rejeita distritão

PRB vota pela manutenção da fidelidade partidária e rejeita distritão

O Plenário da Câmara votou nesta terça-feira (26) a PEC da Reforma Política. A bancada federal do PRB votou pela manutenção do sistema vigente (voto proporcional) por entender que os outros modelos enfraqueceriam os partidos e tornariam as campanhas mais caras.


Brasília (DF)
– Teve início nesta terça-feira (26), no plenário da Câmara dos Deputados, a votação da proposta que altera a Constituição Federal para definir mudanças no sistema político eleitoral, a chamada Reforma Política. O republicano Celso Russomanno (PRB-SP), líder da quarta maior bancada da Câmara dos Deputados, com 38 deputados do PRB, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB, PTC, PSL e PT do B, votou pela manutenção do sistema vigente (voto proporcional) por entender que os outros modelos enfraqueceriam os partidos e tornariam as campanhas mais caras.

marcos-pereira-prb-celso-russomanno-reforma-politica-camara-foto-douglas-gomes-26-05-15-01“A Reforma Politica é para engradecer os partidos e não para destruí-los. Todos os sistemas propostos até agora representam um retrocesso. O sistema que tinha mais chance de passar era o distritão, ou seja, ganhariam os candidatos que recebessem o maior número de votos. Se aprovássemos essa mudança, a reforma caminharia na contramão do que a sociedade espera, que é justamente a redução dos custos de campanhas”, defendeu.

Russomanno argumentou que no atual sistema, as pessoas votam nos candidatos pelas bandeiras partidárias que eles defendem. “Se o partido defende os direitos dos consumidores, por exemplo, as pessoas votam com o objetivo de defender os consumidores por convicção. Esse é o caminho correto para fazer uma reforma política, ou seja, partidos fortes e bandeiras claras. No distritão, seria cada um por si trabalhando individualmente. Seria uma guerra, inclusive dentro dos partidos políticos, porque os candidatos passariam a disputar espaço entre eles e não haveria mais fidelidade partidária”, pontuou.

“Sabíamos que a regra contribuiria para reduzir o número de postulantes. Esse sistema, defendido pelo PMDB, só existe em quatro países do mundo: Afeganistão, Jordânia e duas ilhas no Pacífico, Pitcairn e Vanuatu. O Japão chegou a adotar, mas revogou em 1990 sob o argumento de que o sistema estimulava o individualismo e o aumento dos casos de corrupção e caixa dois. Não poderíamos desejar esse modelo para o Brasil e lutamos para rejeitar. É uma vitória da democracia, da representatividade e dos partidos que têm bons propósitos”, comentou Pereira.

vinicius-carvalho-prb-votacao-reforma-politica-camara-foto-douglas-gomes-26-05-15-03

Membro da comissão especial que analisou a reforma política por três meses, o deputado Vinícius Carvalho (PRB-SP) acrescentou que nenhuma das alternativas ajudaria a fortalecer a democracia. “Os sistemas propostos representam uma ditadura política. Nós, como representantes do povo, não poderíamos compactuar com isso”, disse.

Por fim, Russomanno adiantou que vai trabalhar para acabar com a reeleição do Poder Executivo e diminuir os altos índices de corrupção. “Os que estão no Executivo usam a máquina pública para se reeleger. Isso é contra o espírito democrático e tem que acabar”, acrescentou.

Em discussão há mais de uma década na Casa, foram apensados mais de 150 projetos à Proposta de Emenda à Constituição (PEC 182/2007), que foi tema de debate durante três meses na comissão especial. Por decisão do presidente Eduardo Cunha, a proposta seguiu para o plenário, mesmo sem o relatório ter sido apreciado pelo colegiado. A votação da matéria continua nesta quarta (27), com a análise do financiamento de campanha.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB, com informações de Diego Polachini / Comunicação – Presidência Nacional
Foto 01: Agência Câmara
Foto 02 e 03: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!