“Novas regras do seguro-defeso podem prejudicar pescadores de Roraima”, alerta Jhonatan de Jesus

“Novas regras do seguro-defeso podem prejudicar pescadores de Roraima”, alerta Jhonatan de Jesus

Jhonatan aposta em um esforço conjunto entre Executivo e Parlamento para solucionar o problema.

 

Brasília (DF) – A MP 665, de 2014, que promove algumas alterações nas regras do seguro-defeso foi publicada em dezembro do ano passado. O benefício de um salário mínimo pago aos pescadores que exercem atividade exclusiva e de forma artesanal é o valor concedido nos períodos em que a pesca é proibida (período de defeso) para permitir a reprodução da espécie.

“Os pescadores dos demais estados brasileiros já estão recebendo o benefício referente a 2014/2015 , pois o início do período de desova dos peixes aconteceu no final do ano passado, antes da MP entrar em vigor. Mas Roraima, por ser o único estado do Brasil localizado acima da linha do Equador, tem o período de reprodução dos peixes em outra época: de março a junho, de acordo com a portaria nº 48/2007 do IBAMA. Portanto, os seus pescadores ainda não receberam esse direito, que pode ser suspenso em razão das novas regras”, explica Jhonatan de Jesus (PRB/RR).

Jhonatan aposta em um esforço conjunto entre Executivo e Parlamento para solucionar o problema. Ele esteve reunido com o secretário executivo do Ministério da Pesca e Aquicultura, Parsifal Pontes, nesta terça-feira (24). O parlamentar também vai sugerir ao relator da MP, ainda a ser indicado, que seja feita uma ressalva relativa a Roraima, de forma que as novas exigências passem a vigorar a partir do fim do período defeso, ou seja, em julho de 2015.

A MP 665 traz regras diferenciadas, com novo cadastramento e outros requisitos para a percepção do benefício, além de repassar a gestão do Ministério do Trabalho para o INSS. “Assim, neste momento a responsabilidade pelo seguro defeso deixou de ser do Ministério do Trabalho, o INSS ainda não regulamentou a questão no seu âmbito, e os pescadores de Roraima não têm qualquer possibilidade de atender o que está sendo exigido. É uma grande injustiça deixar esses trabalhadores, já no início da proibição da pesca, sem ter como se sustentarem, pois perderam o ‘seu ganha-pão’ e não receberam o seu direito em 2015”, argumentou Jhonatan de Jesus.

Texto: Ana Larissa Albuquerque / Ascom – deputado federal Jhonatan de Jesus
Edição: Ascom – Liderança do PRB

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

 

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest