Lançamento da Frente Parlamentar de Combate às Hepatites Virais lota auditório em SP

vinicius-carvalho-prb-frente-parlamentar-hepatite-sp-foto2-caroline-lopes-11-07-16

À frente do evento, o coordenador geral da Frente Parlamentar de Hepatites Virais no Estado de SP, o deputado federal Vinicius Carvalho (PRB-SP), também foi o mediador do encontro

 

São Paulo (SP) – Quase 200 pessoas lotaram o auditório Paulo Kobayashi, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na noite de quinta-feira (7), para o lançamento da Frente Parlamentar Mista de Combate às Hepatites Virais no Estado de SP, que contou com a presença de renomados especialistas na área.

À frente do evento, o coordenador geral da Frente Parlamentar de Hepatites Virais no Estado de SP, o deputado federal Vinicius Carvalho (PRB-SP), também foi o mediador do encontro, ao lado do presidente da Frente no Congresso Nacional, deputado federal Marcos Reategui, e o deputado estadual Wellington Moura (PRB), anfitrião da Casa e coordenador geral da Frente Parlamentar da Saúde e Pesquisas Clínicas da Alesp.

vinicius-carvalho-prb-frente-parlamentar-hepatite-sp-foto-caroline-lopes-11-07-16O objetivo do encontro foi reunir conteúdo e informações para elaboração de um plano de ações, que possa ser difundido em todo Estado de São Paulo, gerando campanhas e ações preventivas de combate às hepatites. “Mais de 500 milhões de pessoas no mundo são portadoras de hepatite; mais de um milhão e meio de pessoas morrem anualmente vítimas de hepatite e não existe um trabalho focado em difundir informação, como existe para outras doenças tão graves quanto. Por isso, sou muito grato a todos estes especialistas que estão conosco neste evento, somando esforços para mudar tal realidade. Queremos que o tratamento chegue ao paciente, assim como informar a população sobre esta doença silenciosa”, afirmou Carvalho.

Primeiro palestrante do evento, o especialista em Hepatologia pela Sociedade Brasileira de Hepatologia e Associação Médica Brasileira, Edison Parise, abordou a situação da Hepatite C, como um grave problema de saúde pública. Em seguida, o especialista do Ministério da Saúde, Marcelo Naveira e a médica especialista em gastrohepatologista, Liliana Mendes, falaram sobre um panorama geral, o avanço nas pesquisas e dados sobre a doença em âmbito nacional e na esfera do Estado de São Paulo.

O segundo bloco de debates começou com um breve discurso da coordenadora do Programa Estadual de Hepatites Virais do Estado de São Paulo, Sirlene Caminada, parabenizando a iniciativa, e ainda contou com mais três renomados especialistas sobre o tema: o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Hoel Sette, o presidente do Grupo Esperança, Jeová Pessin Fragoso, falando sobre a atuação da “Sociedade Civil Organizada na Luta contra às Hepatites Virais”, e finalizando a rodada de palestras com a apresentação do infectologista, dr. Roberto Focaccia.

“O evento foi sucesso pois conseguimos reunir várias frentes como o Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual, a sociedade civil e a classe política. Juntos podemos, de fato, revolucionar positivamente o cenário da saúde, no que diz respeito às hepatites”, finalizou Vinicius Carvalho, agradecendo a presença e o empenho de todos.

vinicius-carvalho-prb-frente-parlamentar-hepatite-sp-foto3-caroline-lopes-11-07-16Teste de hepatite C

Por intermédio da Associação Brasileira de Portadores de Hepatites (ABPH), foram realizados gratuitamente durante o evento, mais de 70 testes de hepatite C, para o público acima de 40 anos ou pessoas com tatuagem. “A ABPH já realizou mais de um milhão de testes gratuitos e 16 mil exames de elastografia. Nossa missão é trazer à luz os quase 6 milhões de brasileiros infectados com os vírus B e C da hepatite, e que ainda vivem cada dia sem saber que estão doentes”, afirmou Humberto Silva, presidente da associação, durante sua palestra.

Julho amarelo

Julho foi adotado pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê Estadual de Hepatites Virais como o mês de luta e prevenção das hepatites virais. Isso não significa que a prevenção à doença deve ser menor nos demais meses do ano, pelo contrário, a cada dia deve-se aumentar a atenção, porque as hepatites virais são as principais causas de câncer no fígado.

Texto: Danielli Guerson / Ascom – deputado federal Vinicius Carvalho
Fotos: Caroline Lopes / Ascom – deputado federal Vinicius Carvalho

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest