Julio Cesar garante proibição de propaganda com apelo sexual em outdoors no DF

Julio Cesar garante proibição de propaganda com apelo sexual em outdoors no DF

Projeto proíbe propagandas com conteúdo que estimule a prática de atos sexuais.

 

Brasília (DF) – A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) derrubou veto do governo anterior ao Projeto de Lei nº 503/2011, do ex-deputado Evandro Garla (PRB-DF), que proíbe propagandas com conteúdos eróticos ou com apelo sexual em outdoors, frontlights, painéis eletrônicos, top sights e outros meios de comunicação – como a propaganda de motéis, sexshops e outros. A norma será transformada em lei e depende apenas de regulamentação do governador Rodrigo Rollemberg.

Pelo texto, fica proibida a exibição de qualquer conteúdo que estimule a prática de atos sexuais em bens públicos ou particulares de acesso ao público em geral. Caso a norma não seja cumprida, o infrator será penalizado com multa que varia de R$ 12 mil a R$ 120 mil. Serão permitidas, somente, propagandas educativas e de conscientização sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

evandro-garla-prb-propaganda-apelo-sexual-foto-jesse-vieira-25-03-15-01Um dos principais objetivos da proposta, de acordo com Evandro Garla, é valorizar a mulher e assim, evitar a vulgarização do gênero feminino em outdoors, a exemplo das propagandas de motéis. Outro ponto elencado pelo parlamentar é coibir a erotização precoce das crianças com essas exposições apelativas. “Vários estudos apontam que a atividade sexual das crianças está sendo cada vez mais antecipada”, relata. Garla destaca, ainda, a rejeição das famílias por tais conteúdos e que as empresas de publicidade precisam inovar suas ideias. “São muitas as famílias que observam e não concordam com esse tipo de exposição. As agências de publicidade precisam ser mais cautelosas e terem boas ideias sem apelo sexual”, argumenta.

Julio Cesar defendeu a derrubada do veto e destaca que a medida também é em defesa da família brasiliense. “Houve um empenho muito grande da minha parte na derrubada deste veto, pois não poderia deixar que esse projeto do deputado Evandro Garla não tivesse continuidade, pois visa valorizar à família e, principalmente, as nossas crianças”, disse. O republicano alerta, ainda, que esse tipo de publicidade além de vulgarizar a mulher, fomenta a prostituição e estimula a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Votação

Durante a sessão, a Câmara Legislativa do Distrito Federal também aprovou a criação de uma comissão especial para combater a pedofilia no DF.

Fonte: Agência PRB Nacional, com informações da Ascom – deputado distrital Julio Cesar
Fotos: Jessé Vieira  

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest