Gilberto Abramo propõe debate sobre revista íntima em presídios de Minas Gerais

Gilberto Abramo propõe debate sobre revista íntima  em presídios de Minas Gerais

O republicano é autor do Projeto de Lei nº 821/2015, que proíbe a revista íntima dos visitantes em penitenciárias. Para ele, os procedimentos deverão ser feitos com respeito à dignidade humana.

 

Belo Horizonte (MG) – Por solicitação do deputado estadual Gilberto Abramo (PRB-MG), a Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa de Minas Gerais vai realizar uma audiência pública para debater o sistema de revista íntima de visitantes em unidades prisionais do Estado. A reunião será realizada nesta quarta-feira (17), às 9h30.

O republicano é autor do Projeto de Lei nº 821/2015, que proíbe a revista íntima dos visitantes em penitenciárias. Para ele, os procedimentos devem ser feitos com respeito à dignidade humana. “A proposta visa coibir práticas vexatórias que obrigam os visitantes a despir-se, fazer agachamentos ou dar saltos ou submeter-se a exames clínicos invasivos”, disse.

Pelo texto, todo visitante que ingressar no estabelecimento prisional será submetido à revista mecânica, a qual deverá ser executada, em local reservado, por meio da utilização de equipamentos capazes de garantir segurança ao estabelecimento prisional, tais como “scanner” corporal, detectores de metais, aparelhos de raio X e outras tecnologias que preservem a integridade física, psicológica e moral do visitante revistado. Gestantes e pessoas portadoras de marca-passo não serão submetidas à revista mecânica, devendo a administração prisional autorizar seu ingresso no estabelecimento, sendo inexigível cumprimento de obrigação alternativa.

Gilberto Abramo destacou que em setembro de 2014, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária recomendou, em resolução publicada no Diário Oficial da União, o fim da revista íntima nos presídios brasileiros, considerando a prática “vexatória, desumana e degradante”. “O Conselho orienta que a revista pessoal seja feita com o uso de equipamentos eletrônicos detectores de metais, aparelhos de raio X e scanner corporal, por exemplo. A revista manual também poderá ser feita apenas em casos excepcionais, quando a tecnologia não for suficiente para identificar armas, explosivos, drogas e outros objetos ilícitos”, explicou Abramo.

O deputado do PRB justifica que o principal objetivo é coibir as mais diversas formas de tratamento desumano ou degradante, vedadas na Constituição Federal. “Queremos que em Minas Gerais todas as penitenciárias tenham os aparelhos imprescindíveis para a revista de visitantes, garantindo a segurança e impedindo o tratamento constrangedor”, finalizou.

Texto: Lélia Queiroz / Ascom – PRB Minas Gerais
Foto: Cedida

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o prefeito de Caxias do Sul (RS) Daniel Guerra

Entre em contato
(54) 3218.6000

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest