Em carta aberta, Roberto Alves se solidariza com a jovem vítima do estupro coletivo no RJ

Em carta aberta, Roberto Alves se solidariza com a jovem vítima do estupro coletivo no RJ

No documento, republicano coloca seu mandato a disposição, por meio de ações para reforçar o combate, denunciando e punindo crimes com o de estupro

 

Brasília (DF) – Nesta quinta-feira (02), o deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) enviou para a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) uma carta aberta que deverá ser entregue a adolescente de 16 anos, vítima de um estupro coletivo, no Rio de Janeiro. No documento, o deputado que é presidente da Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes se solidariza com a jovem e seus familiares e coloca seu mandato a disposição, por meio de ações para reforçar o combate, denunciando e punindo crimes com o de estupro.

“Tomei conhecimento com muita tristeza e revolta do brutal ataque que você sofreu por selvagens que, de forma abjeta, a violentaram. Gostaria em primeiro lugar de enviar toda minha solidariedade, como pai. Ao ouvir sua frase; não dói o útero, mas sim a alma, ao mesmo tempo em que me entristeci, busquei forças e reafirmei meu compromisso de por meio do mandato de deputado federal que me foi outorgado pelo povo; lutar para que o seu sofrimento não se repita na vida de outras mulheres”, declara.

Para o republicano, vivemos em um país e em um mundo onde o fato de ser mulher ainda a expõe a todo tipo de violência. Ele reafirmou a importância da luta pela conscientização e consolidação da defesa pela igualdade de gênero e o combate aos sentimentos de posse, ciúmes, machismo, e todos os outros componentes de uma cultura que submete a mulher a uma condição inferiorizada.

“Neste ciclo de violência que estamos ainda submetidos pela ótica do machismo, milhares de mulheres que sofrem diariamente ataques, estupros, mutilações e muitas vezes terminam assassinadas. Precisamos nos unir para virar está triste página da história de nossa civilização”, afirma.

O parlamentar já está tomando medidas para impedir que violências, inclusive virtuais, possam continuar a macular a infância, adolescência e a vida de mulheres adultas que além da violência física tem que se submeter a divulgação bárbara dos atos cometidos por meio da internet.

“Essa semana apresentei o projeto de lei que altera o código penal especificando uma nova modalidade de flagrante para violências praticadas pela internet ou divulgadas na rede contra a mulher. Exigimos também medidas junto ao Governo Federal de combate as violências sofridas pela mulher em nosso país, além da proteção a mulheres em situação de violência doméstica por meio da ampliação do programa Casa da Mulher Brasileira, que necessita urgentemente de repasse maior de recursos”, alega.

Texto: Ana Lídia Monteiro / Ascom – deputado federal Roberto Alves
Foto: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!