Deputado Pastor Oliveira visita bacia de decantação da Caesa e invasão do Canal do Jandiá em Macapá

Deputado Pastor Oliveira visita bacia de decantação da Caesa e invasão do Canal do Jandiá em Macapá

Membros da CMA visitaram comunidades em áreas sem saneamento básico, em Macapá.

 

Macapá (AP) – O presidente da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Amapá, Pastor Oliveira (PRB-AP), acompanhado de outros membros da CMA, conheceram e fiscalizaram a situação ambiental da bacia de decantação da Caesa e invasão do Canal do Jandiá, em Macapá.

A visita ao local faz parte de um dos encaminhamentos levantados pela Comissão, na última reunião, realizada em parceria com a Comissão de Saúde e Comissão de Direitos Humanos da casa, para tratar da contaminação e mau cheiro causados pelo despejo de dejetos no local, onde não há qualquer tipo de cobertura.

Durante a fiscalização, a comitiva esteve acompanhada de técnicos da Companhia de Água e Esgoto do Amapá e da diretora-presidente do órgão, Patrícia Brito. Na ocasião, foram apresentadas aos deputados, informações sobre o local contaminado e também um projeto de interação com o meio ambiente, como a implantação de telas protetoras para a bacia.

Pastor Oliveira (PRB-AP) cobrou providências principalmente em relação às 350 famílias que invadiram a área no entorno do local.  “Devemos tomar providências urgentes, pois essas famílias vivem em condições sub-humanas, correndo o risco de contraírem doenças graves em virtude da água contaminada pelos resíduos dos dejetos”, denunciou o deputado. O parlamentar republicano destacou ainda a importância de preservar a saúde dessas famílias, já que o local é o único autorizado pela Caesa para as empresas de Macapá e Santana despejarem dejetos removidos das fossas caseiras.

O membros da CMA visitaram também a invasão no Canal do Jandiá, onde mais de 40 famílias ocupam uma área próxima à Ponte Sérgio Arruda, zona norte da cidade. No início, os moradores chegaram a ser notificados, mas conseguiram permanecer no local. Preocupado com a ocupação indevida, Pastor Oliveira resolveu intervir. “O canal não é uma área de ressaca, mas é uma área pluviométrica de proteção ambiental, que não pode ser habitada. Por isso, nós vamos conversar com o governador do Estado Waldez Góes e buscar uma solução para o remanejamento dessas famílias”, disse o deputado do PRB.

Texto e foto: Redação / Jornal do Dia (AP)
Edição: Agência PRB Nacional de Notícias

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest