Cobranças indevidas em hidrômetros será tema de audiência pública na Câmara

Cobranças indevidas em hidrômetros será tema de audiência pública na Câmara

Debate foi proposto pelos deputados republicanos Celso Russomanno e Vinicius Carvalho.

 

Brasília (DF) – A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou requerimento de autoria dos deputados Vinicius Carvalho (PRB-SP) e Celso Russomanno (PRB-SP) para realização de audiência pública sobre a cobrança de gastos inexistentes registrados em hidrômetros, ocasionados pela passagem de ar na tubulação, como se fosse água. Segundo os republicanos, os consumidores estão registrando acréscimos em suas contas mesmo com os cortes de fornecimento em face à escassez hídrica pela qual o país esta passando.

“Diversos especialistas atribuem tal fenômeno como consequência da passagem de ar pelos hidrômetros que o registram como passagem de água. Essa falha na marcação dos hidrômetros vem causando prejuízos aos consumidores. As empresas se defendem alegando, entre outros, o reduzido número de reclamações em proporção ao número de usuários. Neste sentido propomos a presente audiência pública para debatermos esse assunto de extrema relevância para o país”, argumentou Vinicius Carvalho.

De acordo com o deputado Russomanno, no Brasil, os hidrômetros são calibrados para dar até 15% de passagem de ar sem que exista registro, pois não há como retirá-lo. “O hidrômetro é um tipo de relógio e dentro dele existe uma turbina que gira com qualquer tipo de fluído. Se nós colocamos água, óleo ou vento ele gira do mesmo jeito. Em São Paulo, por exemplo, onde estamos vivendo uma crise de abastecimento de água, o consumidor é duplamente prejudicado: pelo valor da água que não utilizou e pela tarifa do esgoto que é 100% do preço da água. Queremos trazer a responsabilidade para as empresas de abastecimento para que elas coloquem ventosas ou permitam aos consumidores que eles se protejam. Essa cobrança é abusiva e fere os artigos 39 e 51 do Código de Defesa do Consumidor”, explicou.

Para o debate, foram convidados representantes da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (SABESP), da Companhia de Água e Esgoto de Brasília (CAESB), bem como o professor e engenheiro hidráulico Nilo de Oliveira Nascimento, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), além de representantes de entidades de defesa do consumidor, do Ministério Público do Estado de Minas Gerais e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

cesar-halum-prb-cobrancas-indevidas-em-hidrometros-foto-douglas-gomes-26-03-15-01Com o mesmo objetivo, o deputado republicano César Halum (PRB-TO) apresentou, no início deste mês, o Projeto de Lei 527/2015, que obriga as concessionárias do serviço de abastecimento de água a instalarem, por solicitação do consumidor, o equipamento eliminador de ar na tubulação. A proposta tem a finalidade de diminuir os prejuízos causados pela entrada de ar, que estaria onerando as contas de água dos usuários.

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Fotos: Douglas Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest