Carlos Gomes solicita incentivos à reciclagem ao Ministério do Meio Ambiente

Carlos Gomes solicita incentivos à reciclagem ao Ministério do Meio Ambiente

Republicano é Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem, na Câmara dos Deputados

Brasília (DF) – O deputado federal Carlos Gomes (PRB-RS) apresentou nesta quarta-feira (6) ao ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, documento elaborado pela Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem, que lista oito caminhos para o desenvolvimento do setor no Brasil.

Presidente nacional do colegiado, Gomes ressalta que as propostas foram construídas por meio da articulação e do debate com todos os atores da área. “Nosso objetivo é garantir incentivos fiscais à cadeia para que ela desenvolva todo o seu potencial econômico, uma vez que, atualmente, o setor movimenta R$ 12 bilhões por ano, ao reciclar apenas 3% das 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos que geramos anualmente”, argumenta o parlamentar republicano. O ministro frisou que a gestão de resíduos sólidos é uma das prioridades da Pasta. “A partir das informações trazidas pelo deputado abriremos uma frente de trabalho focada na isenção tributária para estimular à reciclagem”, explicou Sarney Filho.

Carlos Gomes convidou o ministro para o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem no Rio Grande do Sul. O evento, ainda sem data marcada e local definido, deverá ser realizado em parceria com o deputado estadual Sergio Peres (PRB-RS), que instituiu o fórum na Assembleia Legislativa gaúcha no ano passado.

Caminhos para o setor

Confira as propostas entregues pelo deputado Carlos Gomes ao ministro do Meio Ambiente:

1) A desoneração fiscal de toda a cadeia produtiva para aumentar a produção e baratear o preço dos artigos feitos a partir de material reciclado;

2) A execução de campanhas permanentes, em nível nacional, para a conscientização da população sobre o tema;

3) A descentralização das indústrias recicladoras, pois existem lugares onde determinados materiais não são reciclados porque as cooperativas não tem com quem comercializá-los;

4) A criação de linhas de crédito junto ao BNDES para cooperativas e indústrias;

5) A aposentadoria especial para catadores (a PEC 309);

6) A redução da taxa de importação para equipamentos a serem utilizados no processo de transformação de materiais reciclados em novos produtos;

7) A instalação da Reciclagem Popular, um projeto que visa a distribuição da riqueza, do poder e dos conhecimentos gerados a partir dos resíduos. O principal objetivo é combater a desigualdade nesta cadeia, fazendo com que os catadores participem de todas as etapas, desde a coleta até a industrialização;

8) E a criação de uma lei de incentivo à reciclagem. A ideia é conceber mecanismo semelhante às leis de incentivo à cultura e ao esporte, que permita a empresas interessadas em investir na estruturação de cooperativas e em projetos de gestão de resíduos sólidos, a dedução desses valores, parcial ou integralmente, do Imposto de Renda;

Texto e foto: Jorge Fuentes / Ascom – deputado federal Carlos Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o deputado Sérgio Reis (PRB-SP)

dep.sergioreis@camara.leg.br
ou (61) 3215.5213

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest