Projeto de Carlos Alberto que obriga hospitais a informarem casos de embriaguez juvenil é aprovado

carlos-alberto-prb-mais-rigor-no-acompanhamento-de-ocorrencias-envolvendo-menores-sob-efeito-de-alcool-ou-drogas-foto-arthur-castro-21-10-15

Vai à sanção do Executivo Estadual o PL nº 121/2015 que dispõe sobre a obrigatoriedade de comunicação entre a rede hospitalar, pública ou privada, aos órgãos competentes, das ocorrências envolvendo embriaguez e/ou consumo de drogas por crianças ou adolescentes.

 

Manaus (AM) – A Assembleia Legislativa do Amazonas aprovou o Projeto de Lei nº 121/2015, de autoria do deputado estadual Carlos Alberto (PRB-AM), que dispõe sobre a obrigatoriedade de comunicação entre a rede hospitalar, pública ou privada, aos órgãos competentes, das ocorrências envolvendo embriaguez e/ou consumo de drogas por crianças ou adolescentes. O texto segue agora para sanção do Executivo Estadual.

“Acredito ser de grande interesse a comunicação imediata ao Conselho Tutelar, aos pais ou responsáveis legais, o atendimento, em suas dependências, de criança ou adolescente sob o efeito de álcool ou quaisquer substâncias psicoativas, comprovado no decorrer do atendimento com o profissional da área de saúde”, defende o parlamentar.

Para o republicano, cabe ao Conselho Tutelar tomar as providências necessárias a cada caso, nos termos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei nº. 8.069/1990.

Carlos Alberto lamenta o fato de pesquisas apontarem o aumento do consumo abusivo de bebidas alcoólicas por adolescentes. “Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam a precocidade dessa faixa etária que experimentam a primeira dose. Assim sendo esse primeiro contato com o álcool pode marcar, na maioria das vezes, de forma trágica a vida deste jovem ou adolescente, pois quanto mais cedo a experiência mais risco se tem de desenvolver o alcoolismo e a dependência de outras drogas”, argumenta.

O deputado do PRB afirma que é comum nas redes de saúde do Estado o atendimento de pacientes alcoolizados. “É essencial que haja uma comunicação eficiente entre essas unidades com os órgãos competentes, pois somente desta forma o poder público poderá buscar a implementação de programas que venham amenizar essa realidade”, disse.

A prática entre jovens de ingerir bebidas alcoólicas em um curto espaço de tempo, conhecido como “binge drinking”, aumenta a prevalência de comportamento de risco, como dirigir após a ingestão, ter um apagão ou fazer sexo sem se prevenir. A pesquisa consta em um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Texto: Náis Campos / Ascom – deputado estadual Carlos Alberto
Foto: Arthur Castro

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest