Câmara aprova projeto de Russomanno que defende direitos do usuário de serviços públicos

celso-russomanno-prb-aprovado-pl-direitos-do-usuario-de-servicos-publicos-foto-dougla-gomes-16-10-15

A proposta disciplina prazos e condições para abertura de processo administrativo para apurar danos causados por agentes públicos. As regras são válidas para os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário)

 

Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (15) projeto de lei que estende aos usuários de serviços públicos os mesmos direitos do Código de Defesa do Consumidor. De iniciativa do líder do PRB, deputado Celso Russomanno (SP), o texto equipara os órgãos públicos aos fornecedores privados de produtos e serviços e cria ouvidorias e mecanismos que asseguram a participação, proteção e defesa dos direitos dos cidadãos usuários dos serviços oferecidos pela administração pública.

O texto aprovado é uma emenda apresentada pelo deputado Russomanno ao projeto de lei original (PL) 6953/02, de autoria do Senado, e apensados. O republicano aceitou a sugestão da deputada Mara Gabrilli de incluir a acessibilidade entre os direitos a serem respeitados pelos fornecedores de serviços públicos. “Nós teremos agora um código de defesa do usuário de servidos públicos para que o cidadão possa, de fato, ter serviços públicos de qualidade”, afirmou o líder republicano.

Segundo a proposta, são direitos básicos do usuário de serviços públicos: participar no acompanhamento da prestação e na avaliação dos serviços; liberdade de escolha entre os diversos meios oferecidos, e sem discriminação; proteção de seus dados pessoais; acesso e obtenção de informações relativas à sua pessoa, constantes de registros e bancos de dados. Ao usuário deve ser assegurada, ainda, informação sobre a tramitação de processos administrativos em que figure como interessado.

Os órgãos públicos ficam obrigados a divulgar uma Carta de Serviços ao Usuário, detalhando os serviços prestados, as formas de acesso a eles e seus compromissos e padrões de qualidade de atendimento ao público. Também estão obrigados a disponibilizar nas repartições e na internet, informações sobre horário de funcionamento, serviços prestados, sua localização exata e os responsáveis pelo atendimento, sobre o valor de tarifas e taxas cobradas e dados que permitam a exata compreensão da extensão do serviço prestado.

Para o relator da proposta, deputado Efraim Filho a emenda proposta por Russomanno é um marco da cidadania brasileira. “É o momento em que o contribuinte, o cidadão brasileiro, passa a ter sua vulnerabilidade reconhecida diante do poder público, e passa a ter seus direitos preservados, os ritos e procedimentos administrativos garantidos e as ouvidorias supervalorizadas para que se possa avançar”, finalizou o relator.

O projeto de lei retorna para análise do Senado Federal.

 

Texto: Sérgio Chacon / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do PRB

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest