Aprovação do piso nacional para agentes comunitários de saúde

Aprovacao-do-piso-nacional-para-agentes-comunitarios-de-saude-09-05-14

Deputados republicanos afirmam que reconhecimento à categoria representa avanço para a qualidade da saúde no Brasil

Brasília (DF) – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (7) a proposta que fixa em R$ 1.014 o piso nacional para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. Os deputados republicanos, que votaram com os agentes de saúde, destacaram o reconhecimento a esses profissionais como um avanço para atenuar os problemas da saúde pública no país.

O líder George Hilton (PRB-MG) lembrou que a saúde demanda também ações preventivas. “Investir nos agentes de saúde, hoje, significa um ganho real amanhã, pois esses profissionais são os que buscam a integração entre a equipe de saúde e a população adstrita a Unidade Básica de Saúde (UBS). O que parece um custo para o Governo Federal com a aprovação do piso nacional, representará um investimento no futuro. Esses profissionais tem papel preponderante na prevenção de doenças, uma vez que suas informações evitam as sobrecargas no sistema médico-hospitalar e reduzem a incidência das doenças nas regiões onde atuam”, afirmou.

Cleber Verde, deputado do PRB Maranhão,  cumprimentou os agentes comunitários de saúde pela aprovação, em especial a comitiva do Maranhão, representada por Marise Chapadinha. “Presenciei a peregrinação diária e permanente desta categoria. Esta Casa faz justiça aos agentes comunitários de saúde e aos agentes de combate a endemias, aprovando o piso salarial. Esses profissionais são capazes de orientar as famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis e de traduzir para as unidades de saúde a dinâmica social da população assistida, suas necessidades, potencialidades e limites” disse o parlamentar.

O deputado tocantinense César Halum (PRB-TO), que orientou a votação em nome do partido, reconheceu a importância da categoria. “Esses profissionais atuam sistematicamente em atividades de prevenção e agravos e de vigilância à saúde por meio de visitas domiciliares. É bom lembrar que esse projeto ficou aqui durante oito anos e agora segue para o Senado. Nós precisamos continuar a luta para que possamos também, com rapidez, aprová-lo naquela Casa.”, afirmou ao declarar o voto favorável à matéria.

A proposta foi aprovada em votação simbólica e deve retornar ao Senado devido às mudanças efetuadas pela Câmara. Os valores serão corrigidos anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Texto: Mônica Donato / Ascom – Liderança do PRB
Fotos: Douglas Gomes 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o deputado federal, Roberto Alves (PRB-SP)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5946

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest