Alan Rick participa de almoço com ministro da Fazenda para tratar de pleitos do comércio

Alan Rick participa de almoço com ministro da Fazenda sobre pleitos do comércio

O deputado participou do evento também a convite do empresário acreano George Pinheiro, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB)

 

Brasília (DF) – Integrante da Frente Parlamentar Mista de Comércio e Serviços (CSE), o deputado federal Alan Rick (PRB-AC) participou de almoço na última quinta-feira (10), em que a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) entregou ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, proposta de Programa de Recuperação Fiscal – novo REFIS, não incidência do IPI na revenda de produtos importados e direito ao crédito de ICMS de energia elétrica entre outras demandas da categoria.

O deputado participou do evento também a convite do empresário acreano George Pinheiro, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). Segundo ele, as demandas apresentadas ao ministro foram submetidas a amplo exame setorial, sobretudo no âmbito do Comitê Jurídico das entidades, e foram selecionados considerando as demandas de natureza tributária de impacto federal e o potencial resultado benéfico das medidas sugeridas para economia nacional.

“Nosso país ainda vive uma grave crise financeira e é preciso que tenhamos um olhar atento às demandas dos diversos setores da sociedade, em especial do setor de comércio e serviços, responsável por boa parte do emprego no país. Apoiar a causa desse setor é apoiar a geração de emprego e renda e a garantia da melhoria da economia do país, principalmente porque este é um dos setores mais importantes da economia acreana”, disse o deputado ao final do almoço.

A proposta de Novo Refis sugere que possam ser pagos à vista ou parcelados os débitos administrados pela Receita Federal ou Procuradoria da Fazenda Nacional, mesmo com exigibilidade suspensa, e mesmo que decorram de programas de parcelamento anteriores.

A Unecs também propõe que seja inserida expressa disposição legal excluindo, da incidência do IPI, a saída dos produtos importados do estabelecimento importador, que não tenham sido submetidos a qualquer processo de industrialização. “O objetivo último é evitar a dupla incidência do IPI nas operações em que o produto industrializado é adquirido no exterior e, posteriormente, é revendido no mercado interno, sem a ocorrência de qualquer processo de industrialização”, esclarece o documento.

Texto: Ascom – deputado federal Alan Rick, com informações da Ascom – CACB
Foto: Ascom – deputado federal Alan Rick

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest