2016 é instituído o “Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte”

2016 é instituído o "Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte"

Deputada defende o aumento da bancada feminina no Congresso Nacional

Brasília (DF) – O Executivo sancionou, nesta segunda-feira (18), a Lei 13.272/16, que institui 2016 como o “Ano do Empoderamento da Mulher na Política e no Esporte”, em reconhecimento ao crescimento da participação das mulheres em todas as instâncias da sociedade, demonstrando que o país despertou para esse importante tema.

A deputada Rosangela Gomes (RJ), coordenadora nacional do PRB Mulher, ressalta a importância desse reconhecimento e defende maior participação das mulheres em setores importantes da sociedade. “A mulher precisa de mais espaço não só na política e no esporte, mas em outros espaços de decisão. Dos mais de 5 mil municípios brasileiros, a presença de mulheres nas câmara de vereadores ainda é bastante tímida. No Congresso, temos também uma representação pequena, essa proposta incentiva a mais participação da mulher na vida pública”, ressaltou Rosangela.

A lei, segundo a parlamentar, será fundamental, sobretudo em 2016, por conta da realização, no Brasil, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos – uma oportunidade para que mais mulheres possam se integrar ao esporte. Para Rosangela, é necessário mais investimentos em esporte, educação e cultura como ferramentas decisivas na formação da cidadania.

“Investir nessas áreas é essencial para que as mulheres e os jovens tenham mais oportunidades e descubram suas vocações. Que encontrem no esporte uma experiência de libertação, de independência e autoafirmação. E, consequentemente, um espaço no mercado de trabalho, servindo ainda de exemplos para que outros jovens sigam o mesmo caminho”, destacou a republicana.

A mulher na política

Embora tenha aumentado a participação da mulher na política, o Brasil ainda é o país que tem uma das taxas mais baixas do mundo de presença de mulheres do Congresso Nacional. Dados da União Inter-Parlamentar apontam que de um total de 190 países, o Brasil ocupa a 116ª posição no ranking de representação feminina no Legislativo.

As informações foram levantadas pelo estudo considerando dados fornecidos pelos legislativos até 1º de janeiro, período relativo à legislatura anterior, quando a Câmara era ocupada por 45 deputadas (9% do total) e 10 senadoras (13%).

Atualmente, na Câmara dos Deputados, as mulheres passaram a ser 51 deputadas, de um total de 513 – o equivalente a 9,9%. No Senado, das 81 cadeiras, agora 12 são representadas por mulheres, mantendo o mesmo porcentual registrado pelo estudo. As taxas brasileiras ficam abaixo da média mundial, que chega a ser de 22,1% de mulheres ocupando cadeiras nos parlamentos.

Rosangela, que é pré-candidata à Prefeitura de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, defende o aumento da bancada feminina no Congresso Nacional para, segundo ela, fortalecer as políticas públicas voltadas para as mulheres.

Texto: Edjalma Borges / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Ascom – deputada Rosangela Gomes

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest