“O 1º de maio foi de reflexão e não de celebração”, afirma Roberto Alves

“O 1º de maio foi de reflexão e não de celebração”, afirma Roberto Alves

Roberto Alves destaca a alta taxa de desemprego no Brasil e o momento ruim da economia do País

 

Brasília (DF) – Na última quinta-feira (28), o deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) usou a tribuna da Câmara dos Deputados para avaliar o atual quadro econômico brasileiro, já que o foco não está nas oportunidades de emprego. Para ele, o Dia Internacional do Trabalhador foi de reflexão e não de celebração. “Quisera eu estar subindo a esta tribuna para compartilhar com meus ilustres pares boas notícias, principalmente em relação a taxa de emprego. Quisera eu dizer, como se fala no Japão, que a taxa de desemprego está em torno de 3% há muitos anos e que nos Estados Unidos está estável em 5%. Lamentavelmente, não é o caso do Brasil”, lamentou o parlamentar.

O último dado mais completo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que acompanha as contratações em mais de 3 mil municípios, mostrou que o desemprego chegou aos 9% e há projeções de que em 2016 feche com 11%. Enquanto isso, a Organização Internacional do Trabalho prevê que o desemprego médio na América Latina deve fechar o ano perto dos 6,7%. Na Alemanha, 4,6%. O Reino Unido deve fechar o ano com 5,4% e, na Itália, com uma das piores taxas do mundo, deve cair para 12%.

“Estamos chegando ao patamar de comparação com os ´piores do mundo´ e, se não bastasse, os índices no meu estado são ainda mais alarmantes. A taxa média de desemprego total na região metropolitana de São Paulo subiu de 10,8% para 13,2% entre 2014 e 2015, segundo o Dieese”, argumentou.

O deputado acredita que com a economia incerta, devido a vários fatores como a falta de uma boa gestão e a corrupção, muitos deixaram de investir no Brasil e a falta de segurança afeta diretamente o trabalhador. Para ele, o setor público deve procurar parcerias com o setor privado para elaborar planos de ação a longo prazo. “Seria o caso de atender às demandas empresariais para levar adiante algumas mudanças nas leis trabalhista, claro, sem ferir direitos e garantias constitucionais? Seria o caso de propor alterações na estrutura sindical, de modo que os sindicatos se tornem mais maduros e representativos de seus filiados? Seria o caso de negociar mais acordos coletivos por empresas e não para a categoria?. Por que não pensarmos mais no uso da negociação coletiva, priorizando o que foi negociado ao legislado, para atender às leis do mercado? É desconfortável subir a esta tribuna para lançar uma série de perguntas, sem poder dar-lhes respostas!”, desabafou o parlamentar.

Para finalizar, Alves falou da importância do emprego formal e das garantias geradas por ele, já que a informalidade tem aumentado drasticamente. “As demissões tem deixado os trabalhadores vulneráveis aos empregos informais e empurra o Brasil para uma recessão que pode ser pior em 25 anos, já que deixam de contribuir para a Previdência Social e ficam com dificuldades de obter crédito”, disse.

A a população desocupada aumentou de 6,45 milhões para 9,09 milhões de pessoas em um ano, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). O trabalho por conta própria, na maioria dos casos com um rendimento inferior a R$ 1.300 por mês, já representa 19,5% de todas as ocupações nas principais cidades do Brasil, o maior nível em oito anos.

“Queremos um Brasil melhor, uma economia estável e em crescimento para que nossos trabalhadores prosperarem. Que as oportunidades de emprego cheguem a todos, sem exceção. Precisamos de um país mais justo e igualitário”, conclui o republicano.

Texto: Ascom – deputado federal Roberto Alves
Foto: Douglas Gomes / Ascom – Liderança do PRB

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!