PRB rejeita “distritão”

marcos-pereira-prb-foto4-destac-douglas-gomes

 

O PRB vê com preocupação o resultado final do relatório da Comissão Especial de Reforma Política apresentado na semana passada pelo deputado Marcelo Castro (PMDB/PI) no qual defende a substituição do atual modelo de eleições proporcionais para o Legislativo pelo denominado “distritão”. Esse sistema, que só é aplicado em países como Afeganistão e Jordânia e amplamente defendido pelo PMDB, prevê a eleição dos candidatos mais votados, independentemente do partido.

Além do enfraquecimento das instituições partidárias, uma vez que a proporcionalidade já não existirá caso aprovado pelo Congresso Nacional, o “distritão” será um duro golpe na representatividade e nas minorias, favorecendo candidatos com maior poder econômico e localizados nos grandes centros. Ao contrário do que se pretende, esse sistema afastará ainda mais o cidadão dos seus representantes, acentuando esse divórcio no já conturbado cenário político brasileiro.

O que mais preocupa o PRB, no entanto, é saber que o relator deputado Marcelo Castro havia acenado pela indicação do sistema distrital misto, posição defendida por ele no programa Roda Viva da TV Cultura na última segunda-feira (11) e em reunião com a bancada republicana na Câmara Federal, e, de súbito, fez a mudança pelo “distritão” ao sofrer pressão do seu partido, o PMDB. Ao que parece, a reforma política que pretende ser aprovada não é aquela defendida por uma maioria democrática, mas pelo braço forte do PMDB no Congresso Nacional. Aliás, o relator já sinalizou que votará contra o relatório que apresentou.

Durante minha participação em audiência pública que discutiu o assunto, repudiei a aprovação “apressada” da reforma política. Em outras oportunidades, também alertei que os protestos de 2013 e 2015 não reivindicaram mudanças no sistema eleitoral, mas sim o fim da corrupção, serviços públicos mais eficientes, entre outras demandas. Essa iniciativa parece uma tentativa de jogar para a torcida a responsabilidade que pesa sobre os ombros dos deputados.

O PRB segue defendendo o atual sistema vigente (voto proporcional), com seu devido aprimoramento, é contra a cláusula de barreira, que cerceia o pluralismo de opiniões, concorda com o financiamento misto de campanha (público e privado, como é atualmente, mas com limitações quantitativas – hoje as limitações são apenas percentuais) e com a eleição unificada – de presidente a vereador. Embora todas essas medidas busquem melhorar o ambiente político no Brasil, a reforma mais urgente a ser feita é no campo moral. Essa independe da cor partidária e da ideologia.

Boa semana,

Marcos Pereira

Advogado e Presidente Nacional do PRB

 

Site: www.marcospereira.com

Twitter: twitter.com/marcospereira04

Instagram: http://instagram.com/marcospereira1010

Facebook: www.facebook.com/marcospereira1010

Youtube: http://www.youtube.com/user/MARCOSPEREIRAPRB10

 

LEIA TODAS AS PALAVRAS DO PRESIDENTE
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal, Rosangela Gomes (PRB-RJ)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest

Quer fazer um
Curso de Política GRATUITO?

Preencha para receber seu acesso ao curso!