Só a Democracia pode salvar a si mesma

FOTO Douglas Gomes-135

 

Os contextos históricos servem para justificar muitos erros que nos parecem injustificáveis aos olhos do tempo, este senhor da razão. Assim é quando olhamos para o retrovisor da história e nos deparamos com os horrores dos anos de chumbo no Brasil. A ditadura militar que silenciou o país por 20 anos originou-se no que deveria ser uma revolução civil-militar que garantiria a Democracia.

Vítima de si mesma a sociedade brasileira, apoiadora que foi da chamada Revolução, se viu refém de um Golpe que se revelaria Militar.

As garantias do povo foram violadas e o poder ditatorial sistematicamente ampliado. O Ato Institucional Número 5, ou simplesmente AI-5, marcou um dos períodos mais dramáticos e sangrentos da nossa história recente.

Não podemos mudar o passado, mas podemos, com certeza, moldar o nosso futuro. A moldura que colocaremos nesta nova tela depende da nossa consciência e atitude. Não existe forma de mudar o mundo a não ser a partir de atos concretos que nos imponham um melhor agir e isso, no que se refere à população brasileira, passa pela ordem política, que tem as ferramentas necessárias para garantir políticas públicas que ofereçam uma melhor qualidade de vida para o nosso povo em todos os aspectos.

As desculpas pelos erros cometidos no passado e, aparentemente justificáveis pelo contexto histórico, não mudam o que foi feito mas sinalizam para uma tomada de consciência e responsabilização por nosso futuro.

Esses contextos históricos são importantes ao pensarmos sobre as posições adotadas por pessoas formadoras de opinião, meios de comunicação e outras instituições como a Associação Baiana de Imprensa (ABI) que também deu o seu apoio àquela “Revolução Civil-Militar” por acreditar no que preconizava.

Mas provado está que ofertar poder é uma temeridade e o custo é alto. Tão caro quanto as vidas que ceifou.

A História é um instrumento de que dispomos para ir em frente aprendendo com os erros para não repeti-los. E devo concordar com carta de retratação publicada pelo Jornal O Globo em editorial de pedido de desculpas à nação por ter apoiado o Golpe Militar de 64, quando diz: “A democracia é um valor absoluto. E, quando em risco, ela só pode ser salva por si mesma.”

Esta é a nossa lição!

*Márcio Marinho é deputado federal e presidente do PRB Bahia

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

 

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest