Pensar no idoso

20_05_13_artigos_e_textos_rs_waldir_canal_pensar_no_idoso

Você já pensou que amanhã poderá ser um dos idosos que hoje são hostilizados de diferentes formas na sociedade? Sim, pensar nos idosos, também é pensar em nosso futuro!

Os tempos mudaram, as pessoas evoluíram e os idosos são “novos”; pois os avós de hoje, não se curvam às bengalas ou, às horas de contas de fadas madrinhas, aos netos. As mudanças de comportamentos dos idosos acompanham as transformações dos tempos e, não há espaço para preconceitos com esses cidadãos, que não podem ser vistos por jovens e adultos “como coisa do passado”… Não! Eles são todos nós, no futuro.

Conforme dados do Censo 2010, a população porto-alegrense está envelhecendo, tendo em vista o aumento do número de  habitantes com 60 anos ou mais. São 211.896 idosos em 2010, contra 160.540 identificados no ano 2000. Além disso, é importante ressaltar que o aumento dessa população foi notado em todas as faixas etárias características, com destaque ao público de 90 a 99 anos, que cresceu em 86%, passando de 2.513 para 4.682 pessoas.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Rio Grande do Sul (RS) apareceu, em 2010, como  o quarto estado brasileiro em número absoluto de idosos, ficando atrás de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, respectivamente; identificado ainda, como o segundo estado brasileiro com maior expectativa de vida,  atrás do Distrito Federal, com a  média de 75,5 anos.

O tempo está passando… e intensifica-se a carência  de políticas públicas capazes de oferecer respostas às necessidades dos idosos e de suas famílias; além do preparo aos gaúchos e à sociedade  brasileira para lidar com o envelhecimento – uma nova e desafiadora situação, inclusive para os gestores públicos e privados.

A idade média das pessoas avançou. Estamos vivendo mais e, naturalmente, queremos viver melhor! Alertamos sobre a necessidade de um preparo à nova realidade e perfil populacional do Brasil, estados e municípios.

Defendemos os idosos. Desenvolvemos ações e propomos legislações, com base nos testemunhos que recebemos e vivenciamos em diferentes comunidades gaúchas; além da atenção às estatísticas.

Somos autores da Lei que institui a vacinação domiciliar aos idosos incapacitados de locomoção, da Lei que institui o Programa de Envelhecimento Ativo; além de sermos responsáveis pela  instalação da Secretaria Adjunta do Idoso nesta cidade e pela proposta de instituir reconhecimento público, aos “Amigos dos Idosos”, para incentivar ações em prol desse público. Isso, não basta! É preciso avançar, lembrando que a Fundação de Economia e Estatística do RS (FEE), prevê que a população do Rio Grande do Sul deve ter maioria de idosos, até 2050.

Waldir Canal – Advogado e vereador pelo PRB de Porto Alegre

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest