Da indignação à transformação

paulo-cesar-oliveira-prb-artigo-foto-ascom-05-10-15

Paulo Cesar Oliveira é presidente da Fundação Republicana Brasileira – FRB.

 

 

Reconheçamos que o noticiário político não está bom. O país está vivendo uma crise profunda. Nossas instituições estão sob o mais forte teste, com denúncias de corrupção, retração econômica, desemprego e desconfiança, chegando ao extremo de podermos viver o segundo processo de impeachment em menos de 25 anos.

Com tantas coisas ruins ameaçando nossas conquistas recentes, é natural que fiquemos revoltados. Aliás, a indignação se tornou um sentimento instantâneo e impulsivo frente aos mal feitos de hoje, para usar uma expressão da moda. Recentemente, em uma entrevista a um jornal, a ministra do STF Carmen Lúcia declarou que “o brasileiro está aprendendo a se incomodar”.

Não há dúvidas de que se incomodar é importante, especialmente, quando se trata de uma democracia que ainda dá os seus primeiros passos, como é o caso do regime brasileiro. Entretanto, a indignação não pode se encerrar em si. Tão pouco deve se transformar em alienação, algo que também pode soar de forma natural: “Ah, não quero saber de tanta coisa ruim. Por isso, não quero saber de política nem votar eu quero mais”. Você já ouviu alguém falar assim?

A indignação é o começo. A partir daí, temos uma escolha à nossa frente. O que fazer com cada provocação que recebemos? Acredito fortemente que o segundo passo é o questionamento. Afinal, para que possamos agir, é necessário que estejamos bem informados (e formados) sobre as causas efetivas dos nossos problemas.

Por quê alguns políticos sentem-se tão livres para cometerem crimes? Por quê a justiça parece rigorosa demais para alguns e paciente demais para outros? Por quê alguns grupos recebem atenção do Estado e outros não? Por quê o governo custa tanto? Por quê pagamos tantos impostos? Qual o meu papel nisso tudo?

Toda ação, para ser efetiva, deve ser precedida de reflexão. Assim como ficar em casa remoendo a raiva não resolve nada, sair às ruas destruindo as coisas também não colabora muito. É preciso aprender a fazer as perguntas certas, identificar os meios mais adequados de manifestar os sentimentos e os interesses, buscar pessoas para agir em conjunto e, assim, contribuir de forma efetiva e inteligente para alterar o curso das coisas.

Às vezes, fazer a pergunta certa é tudo, como demonstrou Isaac Newton, ao se questionar sobre o motivo de uma simples queda de uma maçã de uma árvore! Todos sabemos o que veio depois…

A indignação é um sentimento precioso, desde que encaminhe o cidadão para o processo correto de questionamento, reflexão e ação. Os brasileiros ainda precisam transformar a enorme energia crítica das manifestações de rua em um esforço reformista e criativo. Quando isso finalmente acontecer, poderemos dizer com segurança que aprendemos a reverter os incômodos do dia a dia no combustível para a mudança saudável da sociedade.

 

***Paulo Cesar Oliveira é presidente da Fundação Republicana Brasileira

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest