Combater a exploração sexual infantil, um propósito, um compromisso!

roberto-alves-prb-artigo-exploracao-sexual-criancas-e-adolescentes-foto-douglas-gomes-10-07-15

Artigo escrito por Roberto Alves, deputado federal pelo PRB-SP.

 

Segundo dados do Unicef, mais de 250 mil crianças e adolescentes anualmente são vítimas de exploração sexual no Brasil. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o tráfico de seres humanos para exploração sexual movimenta cerca de 9 bilhões de dólares no mundo, e só perde em rentabilidade para o mercado ilegal de drogas e armas. Em mais de 25% dos 5.570 municípios brasileiros, há registros de exploração sexual de crianças e adolescentes.

No Brasil, a cada 26,7 quilômetros há um ponto vulnerável de exploração sexual infantil, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Há casos registrados de menores oferecendo seus corpos por até R$ 2. Mais de 100 mil meninas são vítimas de exploração sexual em nosso país, apontam os dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Quando assumi o presente mandato parlamentar, estabeleci como propósito de minha representação, a luta pela defesa da infância e adolescência. Por meio da Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes estaremos desenvolvendo ações que ajudam a combater a exploração sexual infantil e os abusos sofridos pelas crianças e jovens por vários fatores, como situação de pobreza ou falta de assistência social e psicológica.

Infelizmente, não existem, no governo e em nenhuma instituição privada ou do terceiro setor, números precisos sobre crianças que estejam se prostituindo no País. No início da década passada, o Brasil chegou a ocupar o primeiro lugar em Exploração Sexual Infanto-Juvenil na América Latina e o segundo no mundo.

Já existem leis que obrigam os motéis e estabelecimentos similares a proibirem a entrada de menores de 18 anos. No entanto, muitos não cumprem a determinação. Recentemente, apresentei um projeto de lei que cassa a eficácia do CNPJ de empresas e estabelecimentos comerciais que violarem o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É preciso endurecer as penas para crimes e infrações desta natureza como forma de coibir esta prática devastadora. Estamos estudando também a possibilidade de impedir a entrada no país, de cidadãos estrangeiros inscritos em listas estaduais e nacionais de investigados e condenados por pedofilia.

Nos últimos anos, assistimos a uma certa consciência e disposição a reagir ao problema da exploração sexual. A cobertura dos meios de comunicação tem contribuído para romper o silêncio. A implantação do disque-denúncia foi uma grande conquista. Precisamos também combater a erotização e sexualização na infância, porta de entrada para a pedofilia. Como defensor da causa, sou autor também da lei que cria a Semana Nacional de Combate a Sexualização de Crianças e Adolescentes.

Há muito a ser feito e estamos dispostos a seguir adiante no firme propósito de defender nossas crianças e adolescentes. A Câmara dos Deputados é nossa plataforma contra a pedofilia e a exploração sexual infantil.

 

*Artigo escrito por Roberto Alves, deputado federal pelo PRB-SP

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para o deputado federal, Roberto Alves (PRB-SP)

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5946

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest