Combate à pedofilia

02_12_13_artigos_e_textos_antonio_bulhoes_sp_combate_a_pedofilia

 

Quero aproveitar esta oportunidade para reafirmar meu compromisso com todas as iniciativas voltadas para o combate à pedofilia no Brasil.

Os conflitos psicológicos que levam um adulto a se interessar sexualmente por crianças se constituem em um problema sério de saúde pública, que precisa ser compreendido em profundidade para que se possa encontrar meios de prevenir sua propagação.

A Organização Mundial da Saúde classifica pedofilia como um desvio sexual, uma doença que precisa ser tratada e que pode causar enormes prejuízos para as crianças molestadas. Os danos emocionais e psicológicos sofridos por crianças vítimas de pedofilia podem resultar em graves transtornos psicológicos, de tratamento difícil e de consequências imprevisíveis, que estarão presentes em toda a vida futura dessas crianças.

Esse tipo de violência sexual muitas vezes é praticado por um membro da família ou por pessoas próximas, que se aproveitam da confiança depositada pela criança para agir de forma irresponsável.

Crianças abusadas serão adultos instáveis emocionalmente, muitas vezes incapazes de formar suas próprias famílias e mesmo de encontrar, no trabalho e nos relacionamentos amorosos, satisfação e tranquilidade para lutar por seus ideais. E, nos vínculos afetivos que surgirem ao longo da vida, tenderão a reproduzir, direta ou indiretamente, as angústias e sofrimentos produzidos por atos de pedofilia.

Diante disso, não resta dúvida de que não podemos poupar esforços para coibir a ação de pedófilos no Brasil, permanecendo vigilantes em todas as áreas onde esses crimes costumam acontecer, como é o caso da Internet.

Devemos, também, intensificar o combate à prostituição infantil, essa deformação odiosa que infelizmente acontece em nosso País, sobretudo nas cidades em que tem prosperado o turismo sexual.

A pedofilia e qualquer violência sexual contra crianças e adolescentes são práticas absolutamente inaceitáveis para os valores e a moral da sociedade brasileira e como tal precisam ser combatidas sem descanso.

*Antonio Bulhões é deputado federal pelo PRB São Paulo

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest