As manifestações e a Política

29_07_13_artigos_e_textos_as_manifestacoes_e_a_politica_aroldo_martins

 

As demonstrações públicas de protesto são conhecidas desde meados do século 19, através das lutas políticas encabeçadas por Daniel O’Connell na Irlanda, pelo direito dos católicos em terem cadeiras no parlamento inglês de Westminster, até os protestos das chamadas Demonstrações de Segunda-feira na Alemanha Oriental, que culminou na queda do muro de Berlim.

Das marchas pelo Direito Civil Americano, marcada pela forte presença do Pastor Martin Luther King, até a Revolução Laranja na Ucrânia, cujas demonstrações populares em massa garantiram que as eleições presidenciais fossem declaradas nulas e uma nova eleição fosse feita de forma democrática e transparente, passando pelos protestos que levaram milhões de pessoas às ruas do Egito, provocando imediata ação militar que depôs o presidente que estava no poder há pouco mais de um ano. São evidências irrefutáveis que a opinião popular quando demonstrada em massa, através de protestos e demonstrações pacíficas, são capazes de mudar o rumo da história de um país. Agora vamos à nossa realidade aqui no Brasil.

Dizer que as últimas demonstrações vistas em diversas capitais do país não têm bandeira partidária é uma coisa, mas é impossível que não haja a conotação política em todas elas. Afinal de contas, quando se decide manifestar, através de protestos em massa, é porque se tem reivindicações que passam obrigatoriamente por soluções políticas a serem encontradas.

Para isto, os que se manifestam devem buscar ter uma voz unificada que traduza o clamor das ruas, àqueles que estão no poder. Caso contrário, a voz das manifestações nas ruas não será compreendida e, portanto, se perderá na multidão.

Que busquem motivos principais para os protestos, mesmo que isto represente uma reforma política e social, começando pelo Poder Executivo e passando pelo Legislativo e Judiciário.  Uma reforma total das instituições.

Aspira-se por um país melhor, politicamente ativo e voltado para o bem popular, e instituições que sirvam o propósito para uma nova geração. Um novo Brasil!

 *Aroldo Martins é Presidente Regional do PRB em Mato Grosso, Palestrante, Professor Universitário, Doutor em Direito Internacional, Mestre em Administração de Empresas.

 

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest