Vereador Greik cobra providências do Executivo sobre descaso na saúde de Paracatu

Vereador Greik cobra providências do Executivo sobre descaso na saúde de Paracatu (MG)

Republicano apresentará relatório exigindo que a Prefeitura decrete estado de calamidade pública no setor

 

Paracatu (MG) – Em protesto ao descaso do Executivo com a saúde pública do município de Paracatu, o vereador Greik de Oliveira (PRB-MG) propôs e conseguiu o apoio dos demais vereadores para obstruir as votações do plenário da Câmara Municipal, até que sejam tomadas as devidas providências. Após receber denúncias da população, o republicano que também é presidente da Comissão Extraordinária Especial, foi juntamente com os demais membros do colegiado e viram de perto problemas como a falta de medicamentos, ambulância sucateada e atendimento precário no hospital municipal.

“Estivemos no hospital e pudemos comprovar o que os pacientes nos reclamam dia após dia. Estamos vivendo  uma situação de calamidade e precisamos de uma resposta imediata do executivo. Eu quero convocar os companheiros para fazermos um protesto de imediato e proponho um trancamento de pauta, uma suspensão dos trabalhos até que os profissionais voltem a ter condições de trabalhar e que a comunidade tenha um atendimento melhor”, defendeu Greik.

greik-oliveira-vereador-prb-denuncia-calamidade-saude-paracatu-ascom-18-05-2016-02Nesta quinta-feira (19), às 15h,  os vereadores votarão o relatório da Comissão Especial com os problemas identificados na visita que fizeram ao hospital. Segundo relatos, algumas famílias já perderam entes queridos por falta de atendimento e de continuidade de procedimentos cirúrgicos. “Quem está no leito ou na UTI em estado grave não pode esperar relatório ficar pronto ou procedimentos licitatórios que se arrastam há meses. Imagina o desespero de uma família que perdeu um parente por falta de condições ou falta de medicamento. Sinto muito dizer isso, mas está na hora de se decretar um estado de calamidade na saúde municipal de Paracatu”, alertou Greik.

De acordo com o vereador, a alegação do prefeito é de que para adquirir insumos ou fazer outros investimentos na saúde, depende de licitações, o que demanda tempo para serem concluídas. Com a aprovação do relatório os vereadores poderão pressionar o prefeito a decretar estado de calamidade pública na saúde, uma vez que tal decreto permitiria a compra dos medicamentos sem o devido processo licitatório.

Texto: Agência PRB Nacional
Foto: Paracatu net

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU E-MAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest