Valdemir Soares repudia distribuição de cartilhas que incentivam o uso de drogas

Valdemir Soares repudia distribuição de cartilhas que incentivam o uso de drogas

Valdemir Soares destaca que a publicação incentiva o uso de drogas, gera gastos desnecessários e jamais poderia chegar às mãos de crianças e adolescentes

 

Curitiba (PR) – A possível existência de cartilhas à disposição da rede municipal de educação, com orientação de como utilizar drogas e administrar situações de risco após o uso, foi criticada pelo presidente da Frente Parlamentar Contra o Crack e outras Drogas da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Valdemir Soares (PRB-PR), e motivo de questionamento em pedido de informações oficiais à Prefeitura. “Foram distribuídas cartilhas orientando sobre o uso de drogas e administração de situações de risco após o uso nas escolas de Curitiba? Em caso de resposta positiva, quantas cartilhas e onde elas foram entregues?”, perguntou o parlamentar.

Segundo o vereador, a cartilha provavelmente foi preparada com base na política de redução de danos, que para ele, não apresenta resultados científicos comprovados, incentiva o uso de drogas, gera gastos desnecessários e jamais poderia chegar às mãos de crianças e adolescentes. “Tem que haver controle da distribuição desse tipo de material, contrária ao entendimento da Frente Parlamentar Contra o Crack e outras Drogas”. Valdemir defendeu ainda que “as políticas públicas devem responder às atuais demandas no campo da prevenção”. O parlamentar antecipou que caso as cartilhas estejam sendo distribuídas, vai pedir o recolhimento do material que ensina, por exemplo, em que parte do corpo o usuário deve injetar drogas, como evitar overdose, entre outras recomendações.

Frente Parlamentar Contra o Crack e outras Drogas

A atuação da Frente Parlamentar Contra o Crack e Outras Drogas da Câmara Municipal de Curitiba se destaca ao apoiar frequentes eventos sociais de conscientização contra o consumo de entorpecentes, ao articular medidas que favorecem o trabalho das comunidades terapêuticas e ao firmar parcerias com o município e governo do Paraná. Presidido republicano Valdemir Soares, o colegiado tem a adesão de 27 dos 38 parlamentares da Casa Legislativa e segue com ritmo acelerado para diminuir o uso de drogas e recuperar adictos, com a contribuição da comunidade em geral.

Segundo Valdemir, é necessária uma política elaborada com quadros capacitados e influentes inseridos na sociedade civil para otimizar ações de prevenção, tratamento e reinserção social de ex-viciados em drogas. “O esporte e a cultura são as grandes armas contra as drogas e os dependentes químicos precisam de estrutura para atendimento em longo prazo; é preciso dar mais atenção a isso”, destacou o vereador.

Com opinião esclarecida contra a legalização e descriminalização das drogas, Valdemir acompanha os desdobramentos do assunto a nível nacional. Autor da primeira audiência pública contra legalização da maconha realizada no país, ele trabalha na multiplicação da mensagem contra a liberação das drogas e representa a Frente Parlamentar Contra o Crack e Outras Drogas em grandes eventos de conscientização, realizados pelos grupos voluntários Curitiba Te Quero Sem Drogas – do qual é idealizador – e Força Jovem do Paraná.

“A integração dos jovens pelo esporte, os valoriza e os motiva a ficarem longe das drogas”, garante Valdemir que há duas décadas se dedica a causa e acredita na prática de esportes de alto rendimento para recuperação de dependentes. Além da prevenção, ele ainda defende a participação de comunidades terapêuticas e instituições religiosas como cooperadores essenciais para a desintoxicação e o início de uma nova perspectiva aos ex-usuários de drogas. “É preciso que haja entendimento da importância do despertar espiritual de forma abrangente, dentro de um plano de metas para ressocialização de dependentes”, declarou Valdemir.

A repressão ao tráfico de drogas também é um esforço da Frente, que apoia ações da Guarda Municipal, como ““Paz nas Praças” e solicita frequentemente o reforço da ronda e permanência de módulos da Polícia Militar em diferentes espaços de Curitiba. Entre eles estão a “Passarela do Crack”, na rua Paula Gomes, no São Francisco, a “Praça da Maconha” (Praça Eufrásio Correia), ao lado da Câmara, a Praça do Guabirotuba, (Praça Abílio de Abreu).

Texto: Ascom – vereador Valdemir Soares
Foto: Chico Camargo / CMC

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest