Valdemir Soares quer esclarecimentos sobre aumento da tarifa de ônibus em Curitiba

Valdemir Soares quer esclarecimentos da Prefeitura de Curitiba sobre aumento da tarifa de ônibus

Desde segunda-feira (01), passageiros são obrigados a pagar R$3,70 de passagem de ônibus, sem nenhuma justificativa oficial da Prefeitura de Curitiba para o aumento imediato de R$ 0,40

 

Curitiba (PR) – Fevereiro começou mais caro para os usuários do transporte coletivo da capital paranaense, que desde segunda-feira (01) são obrigados a pagar R$3,70 de passagem de ônibus, sem nenhuma justificativa oficial da Prefeitura de Curitiba para o aumento imediato de R$ 0,40. A falta de transparência foi contestada pelo vereador Valdemir Soares (PRB-PR) na Tribuna da Câmara Municipal e questionada em dois pedidos de informações de sua autoria que solicitam esclarecimentos sobre os motivos para o aumento da passagem e detalhes sobre o encaminhamento do relatório final da CPI do Transporte Coletivo, da qual foi sub-relator, e apontou possibilidade de redução da tarifa.

O vereador quer saber quais foram as demandas demonstradas no relatório da CPI atendidas pelo Poder Executivo; quais os encaminhamentos dados ao relatório após o recebimento pelo prefeito; e quais as recomendações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná – que também sugeriu retirada de itens irregulares da planilha de cálculo das empresas concessionárias- foram acatadas. “Já passou da hora da Prefeitura de Curitiba, da Urbs e das empresas do transporte público do município se atentarem às recomendações do Tribunal de contas do Estado e do relatório da CPI do transporte da Câmara de Vereadores, que apontou possibilidade de tarifa no valor de R$ 2,25”, afirmou Valdemir.

Segundo o republicano, o “silêncio” do prefeito em relação ao relatório da CPI, elaborado após meses de intenso trabalho, e às recomendações do TC “trazem prejuízo à população curitibana”. Sobre o aumento da passagem de ônibus, Valdemir pede esclarecimentos sobre a elaboração do cálculo; o impacto financeiro da nova tarifa de R$ 3,70; e a quantidade de passageiros que o sistema de transporte coletivo atende no mês. “Foram mais de 10 situações em que os trabalhadores tiveram que fazer indicativos de greve, paralisações e greves por atrasos nos salários no ano passado. Até parece que prejudicam os trabalhadores como desculpa para aumentar a passagem sem transparência nenhuma”, comentou.

Durante pronunciamento na última terça-feira (02), Valdemir alertou para o indicativo de greve dos trabalhadores do sistema de transporte coletivo e um possível novo aumento da passagem nos próximos meses, considerando que o reajuste salarial dos funcionários ainda não foi definido e pode impactar na tarifa. “As empresas alegam que o valor cobrado atualmente não está cobrindo os custos de operação do serviço, mas não há argumentos reais e oficiais de que as empresas têm prejuízos. O contribuinte que já paga muito caro para andar em ônibus velhos com desconforto não pode ser desrespeitado dessa forma”, pontuou o vereador.

O vereador do PRB também chamou atenção dos demais colegas de parlamento para a importância do tema no cotidiano da cidade de Curitiba. “Não adianta querer esconder debaixo do tapete, não adianta querer achar que um aumento de quase 13% em um serviço que é de uso comum da maioria da população todos os dias, vai ficar esquecido por causa da falsa sensação de bem estar que está nesse parlamento, e que não coincidirá com o ‘sentimento das ruas’, após o feriado do Carnaval”, disse Valdemir ao mencionar o protesto contra o aumento da tarifa e as próximas manifestações que estão sendo organizadas.

Além de cobrar posicionamento dos demais vereadores, ele criticou a falta de ações do Poder Executivo. “Fomos eleitos para discutir assuntos relevantes na cidade, e não há assunto de maior relevância do que o aumento da passagem de ônibus, do que o caos que se encontra no Sistema Único de Saúde (SUS), as nossas ruas esburacadas. Não se faz nada ! Não há manutenção, segurança, ações institucionais de prevenção às drogas, nem ações administrativas que são de interesse da população funcionando na nossa cidade”, criticou.

Texto e foto: Ascom – vereador Valdemir Soares

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest