Valdemir Soares declara apoio ao projeto do Movimento Popular por Moradia

Valdemir Soares declara apoio ao projeto do Movimento Popular por Moradia

Vereador republicano elogiou a postura e organização dos manifestantes.

 

Curitiba (PR) – O vereador Valdemir Soares (PRB-PR) falou para cerca de 300 integrantes do Movimento Popular por Moradia (MPM), das ocupações Nova Primavera, 29 de Março e Tiradentes, localizadas na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), que realizaram ato em frente à Câmara Municipal, na manhã da última quarta-feira (20). “Se toda manifestação fosse tão bem organizada quanto a de vocês, o nosso país seria outro. Vocês estão aqui em busca de dignidade e no meio de vocês não tem mascarado, não tem nenhum medroso com medo de mostrar a cara, vocês representam a família curitibana”, disse o vereador.

A sessão plenária foi interrompida para a fala do coordenador do MPM, Fernando Marcelino. Segundo ele, as três ocupações da CIC reúnem 1.450 famílias. “Os municípios de Itaperuçu e Maringá já aprovaram o programa, que é um importante instrumento na luta pela moradia”, declarou. Em resposta às reivindicações dos manifestantes, o presidente da Casa, vereador Ailton Araújo (PSC), garantiu que o plenário votará, em até 30 dias, o projeto de lei que autoriza a criação e define critérios para a implantação do Programa Aluguel Social (PAS) em Curitiba.

De iniciativa de Jorge Bernardi (PDT), o projeto (005.00078.2013) tramita há dois anos e recebeu três substitutivos. O último deles (031.00059.2014), que será analisado pelo plenário, possui caráter autorizativo. Ou seja, caberá ao Executivo regulamentar itens da lei, via decreto. Um desses pontos é a definição do valor do benefício, que poderá variar conforme o valor do aluguel em cada bairro.

Outras reivindicações

Marcelino pediu o apoio do Legislativo contra o despejo dos moradores da ocupação Tiradentes, a exemplo da intervenção dos vereadores na Vila Divino, no Atuba. “São 800 famílias. Já vimos, com os professores, o resultado de uma operação frustrada”, disse. O movimento reivindica, para o local, a construção de imóveis pelo Programa Minha Casa Minha Vida.

O MPM apresentou à Câmara e formalizou à Ouvidoria de Curitiba uma denúncia contra o aterro da Essencis, vizinho à ocupação Tiradentes. “O chorume do lixão é despejado no rio Barigui”, apontou Marcelino. A situação já havia sido alertada à prefeitura, ano passado, pelo vereador Cacá Pereira.

Em ofício à Casa, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) respondeu que a empresa possui alvará de licença até fevereiro de 2016. “Também queremos que as emendas parlamentares [ao orçamento do próximo ano] contemplem a pavimentação da Estrada Velha do Barigui [localizada na CIC]”, completou o coordenador do movimento. “Que se dê uma atenção especial ao problema. Muita gente respira poeira o dia inteiro. São idosos, crianças… Por fim, convidamos todos para que visitem as ocupações”, encerrou.

O “Aluguel Social”

O “Aluguel Social” é destinado à famílias de baixa renda sem imóvel próprio, que residam há mais de um ano em Curitiba e que estejam em situação habitacional de emergência. O último desses critérios é enquadrado em cinco situações: famílias que estão morando em áreas destinadas à execução de obras de infraestrutura; em situação de emergência decorrente de calamidade pública, com a moradia destruída ou interditada; que vivem em locais de risco definidos pela Defesa Civil; que estão em situação de despejo; ou cadastradas em programas de reassentamento há mais de um ano.

Além de determinar um prazo para a concessão, o substitutivo veda a concessão do aluguel social a mais de um membro da família e prevê o cancelamento imediato do benefício se constatada a fraude no recebimento do valor mensal. “As despesas decorrentes da implantação desta lei correrão por conta das despesas orçamentárias próprias, suplementadas se necessário”, complementa a proposição. O texto fixa o prazo de 120 dias para que a lei entre em vigor, após a publicação no Diário Oficial do Município (DOM).

Texto e foto: Ascom / Câmara Municipal de Curitiba

 

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest