Prioridades da bancada do PRB na Câmara em 2012

 

 

Em fevereiro de 2012, as prioridades do partido para votação foram anunciadas pelo líder do PRB à época, deputado Antônio Bulhões (SP), “um ano no qual, devido ao calendário eleitoral, houve um cronograma apertado, mas nem por isso menos importante”.  Entre os temas que mobilizaram a atenção da bancada no ano passado, o parlamentar destacou: o incentivo ao microcrédito, a distribuição dos royalties do pré-sal, a Lei Geral da Copa, o Código Florestal e a discussão sobre a PEC 300 (que estabelece um piso mínimo para os policias e bombeiros militares de todo o País).

Em relação ao microcrédito, Bulhões lembrou que o partido já pleiteava a recondução do também parlamentar republicano Heleno Silva (SE) à relatoria da MP a ser editada sobre o assunto, “devido à experiência do deputado com o tema, já que foi outras vezes relator de medidas provisórias sobre ao assunto”, explicou naquela época.

O líder do PRB afirmou que o partido deixaria a bancada livre para votar a questão da divisão dos royalties do pré-sal. “Diante das especificidades da questão, a direção do PRB optou por deixar cada parlamentar votar de acordo com sua consciência e o interesse de cada unidade federativa que representa”, avaliou.

A preocupação com o futuro do Brasil direcionou a votação da bancada nas questões relativas ao código florestal. “Onde vamos conciliar as necessidades econômicas com a manutenção de nosso patrimônio ambiental”, frisou Bulhões.

A Lei Geral Da Copa foi outra prioridade para os republicanos, segundo o líder na Câmara. Mas uma lei que faça a Copa de todos os brasileiros, e não de grupos econômicos ou de interesses individuais.  “Queremos uma copa que proporcione um legado em infraestrutura, geração de empregos e na autoestima do povo brasileiro, conhecido pela hospitalidade e alegria”, enfatizou naquela ocasião.

O último destaque apontado pelo parlamentar no calendário legislativo foi a discussão sobre a PEC 300. “Sabemos das dificuldades de cada unidade federativa, mas não podemos, diante das reponsabilidades a nós concedida pelo voto dos cidadãos, nos furtar de discutir e propor alternativas diante dessa crise”, disse o líder, concluindo ao dizer que “esconder a questão debaixo do tapete nãos serviria para abafar a crise, mas sim para fermentá-la”.

Bulhões terminou seu pronunciamento lembrando o compromisso que o partido tem de respeitar a coisa pública e atender aos anseios da população. Antes dar por encerrado seu discurso, o parlamentar convidou os interessados em conhecer mais detalhes da nova maneira de fazer política proposta pelo PRB, a assistir o programa nacional da sigla, que foi ao ar naquela mesma noite do pronunciamento, em fevereiro, e que pode ser revisto no Portal do PRB até agora.

Por Paulo Gusmão

Foto: Douglas Gomes

*O seu material também pode ser publicado no Portal PRB. Você pode enviar fotos, textos, áudios ou vídeos para o emailpautas@prb10.org.br

 

TAGS:
REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O PRB está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@prb10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Tia Eron

dep.tiaeron@camara.leg.br
(61) 3215-5618

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Partido Republicano Brasileiro

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal PRB?

pautas@prb10.org.br

RECEBA NO SEU EMAIL

Enviamos para seu email os destaque da semana.
Faça parte do Boletim 10!

Respeitamos seu email. Não gostamos de SPAM.

Você foi inscrito com sucesso!

Pin It on Pinterest